Últimas:
GNR da Comporta constitui 2 arguidos por violação do confinamento. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Crime

GNR da Comporta constitui 2 arguidos por violação do confinamento.

A violação do confinamento obrigatório constitui crime de desobediência.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Carvalhal – Constituídos arguidos por violação de confinamento obrigatório COVID-19

 “… os arguidos são dois homens de 39 e 63 anos “

O Posto Territorial de Comporta, constituiu arguidos dois homens de 39 e 63 anos por violação do confinamento obrigatório a que estavam sujeitos, no âmbito da pandemia de COVID-19, na localidade do Carvalhal.

Após denúncia de que dois indivíduos estariam a laborar na área da construção civil, não estando a cumprir o confinamento obrigatório decretado pela autoridade local de saúde, os militares da Guarda deslocaram-se ao local, tendo constatado que os suspeitos efetivamente se encontravam a laborar.

Os homens foram constituídos arguidos, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Setúbal.

A GNR recorda que ficam em confinamento obrigatório, em estabelecimento de saúde, no respetivo domicílio ou noutro local definido pelas autoridades de saúde todos os doentes com COVID-19, os infetados com SARS-CoV-2 e os cidadãos relativamente a quem a autoridade de saúde ou outros profissionais de saúde tenham determinado vigilância ativa.

A violação do confinamento obrigatório constitui crime de desobediência.

Crime

Agrediu 2 bombeiros de Portel roubou ambulância e despistou-se.

Homem está detido e será presente a tribunal.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Agressão a dois bombeiros

“Homem roubou ambulância”

Dois bombeiros de Portel foram agredidos por um homem que terá pedido ajuda.

Durante o transporte para o hospital o homem irá agredido os dois bombeiros e roubado a ambulância.

O homem acabou por se despistar tendo sido localizado pela GNR e detido. O despiste aconteceu ainda no concelho de Portel, zona da Atalaia, no caminho municipal 1119.

O homem acabou por ser levado pelas autoridades ao Hospital de Évora.

Também um dos bombeiros regista ferimentos mais graves tendo sido igualmente assistido no Hospital.

A viatura ficou muito danificada após o despiste, segundo referiu a GNR.

O homem deverá ser ouvido pelo Tribunal Judicial de Vila Viçosa, para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação, na próxima segunda feira.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!