Siga-nos

Economia

Gasolineiras alentejanas vão fazer restrições nos abastecimentos(vídeo)

Empresários dos postos de combustível garantem que não vão permitir grandes abastecimentos individuais

Carla Correia

Publicado

em

Os postos estão a preparar-se para causar o mínimo de transtornos e garantem que não vão admitir abastecimentos individuais avultados

Os postos de combustível junto à fronteira com Espanha, na região Alentejo, já estão a pensar em restrições a partir da próxima segunda feira, caso a greve avance.

Em declarações aos jornalistas João Salema, do posto Galp de Estremoz, afirmou que ‘ se mantiver a greve não vamos admitir é que venham pessoas com bidões de 200 a 300 litros … e depois outros não tenham nada…vamos tentar que sejam umas pinguinhas a cada um’, refere este empresário.

A Galp deverá garantir depósitos cheios até ao início da semana e isso é para já uma garantia para os responsáveis das gasolineiras ainda a 66kms por estrada de Badajoz, Espanha.

Cenário diferente em Borba, Vila Viçosa, Elvas, Campo Maior e outras localidades em que a proximidade com Espanha é grande e em caso de falta de combustível em Portugal o reabastecimento é feito com menor esforço.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Economia

Depois de Portugal a França. Motoristas podem parar após redução de vantagem fiscal no gasóleo.

Patrões podem perder de 500 a 800€/ano com a nova medida.

TDS noticias

Publicado

em

Um anúncio do governo irritou os ‘patrões’, em França.

Paralisação pode acontecer no próximo mês

Até agora, uma vantagem fiscal permitia que fossem reembolsados ​​por parte do TICPE (imposto de consumo interno sobre produtos energéticos) 18 cêntimos por litro de gasóleo.

Até agora os empresários recuperavam 18 cêntimos numa regalia fiscal sobre o gasóleo que o governo acaba de reduzir. A partir de agora, o valor não ultrapassa, segundo o governo, 16 cêntimos por litro.

Estima-se que as perdas sejam entre € 500 e € 800/ano por cada camião.

Uma das possibilidades passa por bloquear as estradas assim que o ano letivo começar.  Para as associações ambientais, o governo deverá ir mais além e eliminar completamente os benefícios para incentivar a transição ecológica.

Por seu turno, o governo pretende recuperar 140 milhões de euros, um envelope que será destinado ao desenvolvimento de infra-estruturas.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Agosto 2019
S T Q Q S S D
« Jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul