Siga-nos

Crime

Garvão e Ferreira do Alentejo – 4 detidos por posse de arma proibida e tráfico de droga

Detidos ficaram todos em liberdade por ordem do Tribunal

Avatar

Publicado

em

O Núcleo de Investigação Criminal de Aljustrel da GNR, deteve três homens e uma mulher, com idades entre os 20 e os 29 anos, pela prática do crime de detenção de arma proibida e pelo crime de tráfico de produtos estupefacientes, na localidade de Garvão.

Na sequência de uma investigação que durou um ano, despoletada pela ocorrência de um furto em residência, em maio de 2018, foi dado cumprimento a sete mandados de busca, quatro dos quais à residência dos suspeitos, e os outros três, aos seus veículos.

A ação decorreu na localidade de Garvão, concelho de Ourique, e na localidade de Ferreira do Alentejo, e culminou na apreensão do seguinte material:

·         Seis carabinas;

·         Cinco facas;

·         Um silenciador;

·         Uma caixa de chumbos;

·         Uma arma de caça submarina;

·         Um machado;

·         Um taco de basebol;

·         Uma mira telescópica;

·         78 munições de diversos calibres;

·         11 doses individuais de heroína;

·         17 armadilhas para captura de aves;

·         Três telemóveis e dois tablets;

·         Dois gorros do tipo passa-montanhas;

·         Dois pares de luvas;

·         Uma televisão;

·         70 litros de gasóleo agrícola;

·         Um motor de rega;

·         Um melro (espécie protegida);

·         Um chamariz – aparelho ilegal de reprodução do cantar de aves.

Os detidos, com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crimes foram presentes ao Tribunal Judicial de Ourique e Ferreira do Alentejo, onde lhes foi aplicada a medida de coação de termo de identidade e residência.

A operação contou com o apoio do Destacamento Territorial de Aljustrel, Destacamento de Intervenção e da estrutura de Investigação Criminal do Comando Territorial de Beja.

Crime

200 kgs de peixe apreendidos no Alqueva

200 quilos de sável no valor de 2 mil euros

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto: GNR

O Comando Territorial de Évora, através do Núcleo de Proteção Ambiental, identificou um pescador, de 33 anos, por pesca ilegal, na Barragem do Alqueva.

A ação foi efetuada no âmbito da pesca profissional, tendo o suspeito sido identificado por estar a pescar em local proibido, utilizando para o efeito uma embarcação registada para a pesca profissional e cinco redes.

Foi elaborado um auto de noticia por contraordenação e apreendidas a embarcação, as redes de pesca e a licença de pesca.

Também o pescado, 200 quilos de sável, com um valor presumível de dois mil euros foi apreendido e doado a uma instituição de solidariedade social da Santa Casa da Misericórdia de Reguengos de Monsaraz, depois de devidamente examinado pelo veterinário municipal.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

Publicidade

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com 917278022