Siga-nos

Artes

FMM Sines 2019: As primeiras confirmações

Festival Músicas do Mundo, o festival da música com espírito de aventura, regressa a Sines e Porto Covo, de 18 a 27 de julho de 2019

Avatar

Publicado

em

O FMM Sines – Festival Músicas do Mundo, o festival da música com espírito de aventura, regressa a Sines e Porto Covo, de 18 a 27 de julho de 2019.

No ano da sua 21.ª edição, a grande viagem de circum-navegação musical do mundo tem escalas já garantidas na Alemanha, África do Sul, Angola, Bélgica, Brasil, Burundi, Cabo Verde, EUA, Gâmbia, Índia, Jamaica, Líbano, Portugal, Reino Unido e Síria.

Os três primeiros nomes confirmados para 2019 são três grupos programados para 2018 cuja a vinda a Sines, por motivos diversos, não se pôde concretizar.
A banda nova-iorquina Antibalas chega ao FMM na digressão comemorativa dos seus 20 anos. É um dos coletivos que mais tem contribuído para renovar e globalizar a herança do afrobeat de Fela Kuti, sempre aberto a novas experiências e colaborações.

Os "bad boys" do reggae, Inner Circle, falharam Sines em 2018 à última hora. Estão confirmados para 2019. Trazem consigo uma abordagem pop das batidas jamaicanas que os tornam um dos grupos mais populares do género.
Com mais de cinco décadas de atividade, acima de 60 álbuns gravados, 4 prémios e 19 nomeações para os Grammys, o grupo vocal Ladysmith Black Mambazo é uma bandeira da música de África do Sul.

Estreia-se em Sines em 2019. Todos estes grupos são “clássicos” das músicas do mundo, como o são outros quatro nomes confirmados. Chico César é um dos mais reconhecidos cantores, poetas e compositores brasileiros.

Nascido no interior do estado de Paraíba, tem oito álbuns de estúdio gravados, movendo-se entre as várias facetas da música popular brasileira e músicas de outras geografias. Antigo agricultor e músico de casamentos, o sírio Omar Souleyman tornou-se um ícone da música eletrónica de fusão. Com base no dabke e no baladi, danças tradicionais levantinas, criou um estilo de música que tem conquistado públicos em todo o mundo.

Sines recebe outro símbolo da música de dança cosmopolita: o alemão Shantel, “génio do sampling cultural”, acompanhado pela Bucovina Club Orkestar.

Os primeiros nomes do programa confirmados são:
  •     Antibalas (EUA)
  •     Batida apresenta: Ikoqwe (Portugal / Angola)
  •     Chico César (Brasil)
  •     Dino D’Santiago (Portugal)
  •     Inner Circle (Jamaica)
  •     JP Bimeni (Burundi / Reino Unido)
  •     Kokoroko (Reino Unido)
  •     LaBrassBanda (Alemanha)
  •     Ladysmith Black Mambazo (África do Sul)
  •     Lucibela (Cabo Verde)
  •     Luedji Luna (Brasil)
  •     Melanie de Biasio (Bélgica)
  •     Omar Souleyman (Síria)
  •     Shantel & Bucovina Club Orkestar (Alemanha)
  •     Sona Jobarteh (Gâmbia)
  •     Susheela Raman (Índia / Reino Unido)
  •     The Wanton Bishops (Líbano)

Agenda

 ‘Sons com História’ sucede ao ‘Andanças’

A organização quer criar um Festival de Música que se torne referência nacional e até mesmo internacional, na promoção e divulgação de intérpretes, que sirva de plataforma interdisciplinar de cultura musical

TDS noticias

Publicado

em

O sonho de divulgar e projetar cantores, músicos e performers da região e de todo o país trazendo-os ao interior, onde as populações assumem a cultura enquanto pilar decisivo para o desenvolvimento local. 

Do encontro das almas sonhadoras de Nuno Velez, Ana Paula Russo e do Presidente da Câmara Municipal de Castelo de Vide, António Pita, tomou vida aquela que será́ a primeira edição do Sons com História. 

Queremos criar um Festival de Música que se torne referência nacional e até mesmo internacional, na promoção e divulgação de intérpretes, que sirva de plataforma interdisciplinar de cultura musical e, ainda, na qualificação da oferta cultural do Município. 

A abertura do Festival, dia 27 de junho às 21h30, ficará a cargo das Vozes Alfonsinas com o espetáculo de música medieval e sefardita intitulado “De amores e devoções”, que poderá́ ser desfrutado no auditório da Fundação Nossa Senhora da Esperança, no Convento de São Francisco. 

No dia 28 de junho, também às 21h30, o nosso postal de visita que é o Largo da Fonte da Vila irá ser o palco que receberá o filho da terra professor António Eustáquio com o seu grupo Guitolão World Project acompanhados pela voz da cantora convidada (castelo-vidense) Vera Soldado e focado na música baseada na literatura musical ibérica. 

Os Voice’n’Combo vão trazer-nos ao Cine-teatro Mouzinho da Silveira, no Sábado dia 29 de junho às 21h30, uma viagem pelos standards do jazz vocal e instrumental do séc. XX, evidenciando as diferenças entre as várias épocas. 

Para o último dia desta primeira edição do Sons com História, dia 30 de junho, reservámos para a liturgia de domingo a Grande Missa Cantada, XIII Domingo do Tempo Comum – Ano C, a cargo do Ensamble São Tomás de Aquino na Igreja Matriz de Santa Maria da Devesa às 12h00.

Continuar a ler

Top

TDS Peça Orçamento