Últimas:
Figuras públicas ‘invadem’ o Alentejo. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Turismo

Figuras públicas ‘invadem’ o Alentejo.

Cristina Ferreira, Pedro Lima e Mónica Jardim em desconfinamento no Alentejo.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Cristina Ferreira esteve no Sabugueiro. Pedro Lima no litoral.

“Figuras públicas rendidas ao sossego alentejano”

Cristina Ferreira escolheu uma unidade de turismo rural no Sabugueiro, concelho de Arraiolos.

Ficou alojada na casa rústica ‘Casas Caiadas Boutique Home’, no Sabugueiro.

Enquanto isso o ator Pedro Lima andou pelo litoral alentejano com a família a fazer surf.

Agora é Mónica Jardim, apresentadora da TVI, que escolheu Alcácer do Sal para recarregar baterias.

O Alentejo está na moda e é a principal região do país para cumprir o desconfinamento.

 

Autarquias

Cemitério da Aldeia da Luz tem direitos de autor.

Museu da Luz e Igreja também tem direitos de autor.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Tem apenas 19 anos mas está longe de ser uma aldeia sem problemas.

“Cemitério com direitos de autor”

O cemitério da Aldeia da Luz, no concelho de Mourão, foi projectado para 30 anos mas aos 12 percebeu-se que não tinha capacidade. 

O espaço tem hoje apenas uma sepultura disponível depois de um funeral realizado ontem na aldeia.

A Junta de Freguesia da Luz e a Câmara de Mourão tem tentado evitar ‘problemas’ de falta de espaço e andam num processo nos últimos 3 anos para prolongarem o cemitério.

O problema é que o arquitecto responsável pela obra, quando a aldeia foi construída, tem direitos de autor sobre a obra.

As obras de alargamento estão a decorrer, finalmente, mas só foram possíveis após ser o próprio arquitecto a desenvolver o projeto.

Mas surgiu outra dificuldade.

O preço inicial da obra era de 72 mil euros mas ‘derrapou’ e o valor já vai nos 120 mil euros.

A junta não tem meios para liquidar a conta, a EDIA paga apenas metade do valor inicial (36 mil euros) e a autarquia diz ‘existir um verdadeiro problema’.

Não tem verba para o pagamento.

Junta de Freguesia e Câmara Municipal tentaram a construção do alargamento do Cemitério mas devido aos direitos adquiridos pelo arquitecto teve que ser este a desenvolver a obra mas a um custo mais elevado.

Para além do cemitério também o museu e a igreja da nova aldeia da luz tem direitos de autor.

Continuar a ler

x
error: Content is protected !!