Últimas:
Festival Sete Sóis Sete Luas em Odemira – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos

Agenda

Festival Sete Sóis Sete Luas em Odemira

O programa integra quatro espetáculos musicais, a decorrer nos dias 4 , 9, 10 e 11 de setembro, e uma performance artística em bicicleta no dia também no dia 11.

Publicado

em

Setembro, uma imersão cultural

ODEMIRA RECEBE OS SONS E AS ARTES DO FESTIVAL SETE SÓIS SETE LUAS

O Festival Sete Sóis Sete Luas volta ao concelho de Odemira com os sons e as artes do mediterrânico e do mundo lusófono. O programa integra quatro espetáculos musicais, a decorrer nos dias 4 , 9, 10 e 11 de setembro, e uma performance artística em bicicleta no dia também no dia 11.

De relembrar que o primeiro momento do Festival aconteceu no mês de agosto, com a residência artística de SEPT, um dos novos talentos de street arte da ilha de la Réunion, que pintou um mural na margem esquerda da Zona Ribeirinha da Vila de Odemira.

O Festival Sete Sóis Sete Luas (FSSSL), em 2022 na sua 30ª edição, é promovido por uma Rede Cultural de 30 cidades de 12 países do Mediterrâneo e do mundo lusófono: Brasil, Cabo Verde, Croácia, Eslovénia, Espanha, França, Israel, Itália, Marrocos, Portugal, Tunísia e Turquia;

Este ano os espetáculos do Festival Sete Sóis Sete Luas estão inseridos na programação do Setembro, uma imersão cultural, que tem por objetivo levar a descentralização e democratização da cultura no concelho de Odemira, conferindo ao mês de setembro um dinamismo diferente.

BLIMUNDA 7LUAS ORKESTRA (Andaluzia, cabo Verde, Itália, La Réunion e Portugal)

4 setembro, 21h30, Cerro do Peguinho, em Odemira

O Concerto de abertura oficial do Festival Sete Sóis Sete Luas em Odemira, conta com a atuação de “Blimunda7Luas Orkestra”, uma criação musical original do FSSSL que homenageia o Prémio Nobel José Saramago por ocasião dos 100 anos do seu nascimento. A orquestra reúne 6 prestigiados músicos oriundos da Andaluzia, Cabo Verde, Itália, La Réunion e Portugal, que irão apresentar um espetáculo com um repertório original inspirado nas personagens e no mundo das obras de Saramago.

MIROCA PARIS (Cabo Verde), 9 setembro, 21h30, Jardim Quinta da Elsa, São Teotónio

Ao longo da sua carreira com mais de duas décadas, o cantor e multi-instrumentisa cabo-verdiano Miroca Paris já tocou com Cesária Évora, participou em digressões com Madona, atualmente brilha no palco com a sua própria música, com uma técnica única de tocar a guitarra, uma forma lúdica, ecléctica e fresca.

NOP – NUOVA OFFICINA POPOLARE (Nápoles, Itália), 10 setembro, 21h30, Jardim do Mercado, São Luís

Nuova Officina Popolare apresentam um espectáculo cheio de energia, inspirado na música e bailes populares de Nápoles e sul de Itália. Este grupo presta homenagem especial a grandes figuras da música popular de Nápoles como Eugenio Bennato, Roberto Murolo, Roberto de Simone, entre outros.

JESSICA ARPIN (Brasil-Espanha) “KALABAZI”, 11 set, 19h00, Jardim Público, Vila Nova de Milfontes

Jessica Arpin, artista de circo, clown, atriz e exploradora vem apresentar a sua performance de bicicleta acrobática. O vento na voz e o fogo nas acções tornam os seus espectáculos próximos do universo clown, sem limitações linguísticas, sociais, geográficas e políticas.

EDU MIRANDA (Brasil), 11 set, 21h30, Jardim Público, Vila Nova de Milfontes

A passagem da 30ª edição do Festival Sete Sóis Sete Luas pelo concelho de Odemira chega ao fim com o espectáculo de Edu Miranda, um nome incontornável da música portuguesa e brasileira, com um percurso de 22 anos, um grande virtuoso do bandolim que toca junto ao também virtuoso da guitarra Tuniko Goulart, que recentemente colaborou no último álbum da Madonna, MadameX.

Agenda

Exposição “A_wear”, alerta para problema dos resíduos têxteis.

A inauguração da exposição está agendada para a próxima sexta-feira, dia 30 de setembro, pelas 18.00 horas em Odemira.

Publicado

em

EXPOSIÇÃO “A_WEAR” EM ODEMIRA

PROBLEMA DOS RESÍDUOS TÊXTEIS

A exposição “A_WEAR” de Ana Baleia vai estar patente ao público entre os dias 30 de setembro e 14 de outubro, no Espaço CRIAR – Centro em Rede de Inovação do Artesanato Regional, em Odemira.

A designer de moda e artista plástica Ana Baleia pretende alertar para a quantidade de resíduos têxteis e a poluição causada pela produção industrial de roupa. A inauguração da exposição está agendada para a próxima sexta-feira, dia 30 de setembro, pelas 18.00 horas.

A enorme quantidade de resíduos têxteis produzidos diariamente é o problema socioambiental que dá origem ao projeto de artes visuais A_WEAR. Ana Baleia pretende fazer um alerta, materializando em peças artísticas a forma como se relaciona com o problema das toneladas de roupa descartada. A exposição “A_Wear” reúne um conjunto de peças de instalação / escultura onde a principal matéria-prima utilizada são roupas usadas que foram deitadas ao lixo.

Esta exposição integra a programação “Setembro, uma imersão cultural”, promovida pelo Município de Odemira.

Continuar a ler

Agenda

Rui Horta deixa ’O Espaço do Tempo’ com Lúmen.

Produção conta com a participação de habitantes de Montemor-o-Novo

Publicado

em

Rui Horta em Montemor-o-Novo

Lúmen

Nos próximos dias 23 e 24 vai ter lugar um espetáculo único, numa criação de Rui Horta em conjunto com a comunidade de Montemor-o-Novo.

Ú irá estrear no Cine-Teatro Curvo Semedo, pelas 21h30, e conta com a interpretação de 42 montemorenses (e não só!).

A entrada é gratuita e os bilhetes estão disponíveis na BOL do Município de Montemor o Novo ou no Posto de Turismo.

Ú surge no ano de saída de Rui Horta da função de diretor artístico d’O Espaço do Tempo, após 22 anos em Montemor.

O coreógrafo decidiu celebrar a sua estreita relação com a comunidade através de uma criação multidisciplinar, que integrará várias dezenas de Montemorenses, bem como outros habitantes da cidade e da região.

“Sempre me fascinou o sentido de comunidade que emerge de um grupo de pessoas que canta e actua em conjunto, como um pulmão, uma procura de união tão difícil de encontrar. Gosto, em particular, de intérpretes amadores, pessoas que se encontram para cantar, tocar e dançar fora das horas de trabalho.

Fazê-lo, nos dias de hoje, é também um manifesto inadiável: num tempo de divisões e violência, simplesmente estarmos juntos é já um acto de mudança.

Durante semanas, ensaiámos, divertimo-nos, emocionámo-nos e conhecemo-nos melhor.

Esta obra celebra uma terra que me adotou e que um dia eu quis fazer minha. Terra que, ao longo dos anos, viu desfilar os mais extraordinários criadores de teatro e dança do nosso país e generosamente acolheu O Espaço do Tempo“, referiu Rui Horta.

Com a interpretação de Ana Jordão, Ana Sampaio, Ana Silva, António Fitas, Beatriz Pereira, Bernardo Xavier, Bia Estróia, Carlota Figueiredo, Carolina Antas Ferreira, Cátia Mantas, Constança Vaz Pinto, Cristina Reis, Custódia Rola, Diego Ramos, Dino Samina, Elvira Baptista, Fernando Casaca, Gabriel Silva, Graça Nascimento, Helena Mateus, Hortênsia Menino, Inês Caldeira Nunes, João Macedo, Laura Martins, Luís Inocentes, Madalena Galamba, Maria da Natividade Pereira, Maria Leonor do Rosário, Mariana Correia, Patrícia Pereira, Raquel Henriques, Raquel Lourenço, Regina Branco, Rosa Souto Armas, Rosarinho Antas, Rúben Jaulino, Sara Silva, Simão Cardoso, Sofia de Sampaio Rosado, Sofia Ding, Sofia Grilo, Tiago Carrasco e o apoio vocal de João Luís Nabo.

Continuar a ler

Agenda

Feira das Cebolas está de regresso a Portalegre.

O vasto programa da Feira da Cebolas engloba os habituais mercados de produtos hortícolas e agroalimentares, os stands de artesanato, instituições e empresas Feira das Cebolas ainda o popular Espaço Gastronomia, com petiscos e tasquinhas.

Publicado

em

Tradicional Feira das Cebolas regressa ao Jardim da Avenida da Liberdade

A 9, 10 e 11 de setembro

A tradicional Feira das Cebolas, um dos eventos mais queridos pelos portalegrenses, regressará este ano ao Jardim da Avenida da Liberdade, nos dias 9, 10 e 11 de setembro, permitindo desta forma aos muitos visitantes e habitantes da nossa região a possibilidade de adquirirem produtos icónicos de Portalegre

O vasto programa da Feira da Cebolas engloba os habituais mercados de produtos hortícolas e agroalimentares, os stands de artesanato, instituições e empresas Feira das Cebolas ainda o popular Espaço Gastronomia, com petiscos e tasquinhas.

A inauguração terá lugar no dia 9, às 18h00, com uma Arruada, protagonizada pela Trupe da Banda Filarmónica de Alegrete.

Dos diversos eventos culturais e desportivos que farão parte da Feira das Cebolas, destaca-se, no primeiro dia da festa, o concerto de Nena, às 22h30, jovem cantora portuguesa em ascensão.

Também na 6ª feira, pelas 19h00, atuará o cantor da região Filipe Florêncio e, pelas 21h00, no palco principal, decorrerá o concerto do projeto ComFusão, com as vozes de Dina Valéria e Ana Santos.

No dia 10, a animação musical começará bem cedo, pelas 11h00, com o espetáculo de homenagem à Música Portuguesa, concebido pela Banda Euterpe, na Rota dos Coretos.

Pelas 15h00, a abertura da Feira será celebrada com a animação de rua dos Farra Fanfarra e às 15h30, não perca uma demonstração de Dança Oriental, seguida da atuação da atriz e encenadora Cátia Terrinca, com Poesia das Mulheres.

A terminar a tarde de sábado, decorrerão mais dois eventos a não perder, um baile com o artista João Carlos, pelas 17h30 e, pelas 19h00, um teatrinho de rua, com os Chimichurri.

A noite de sábado marcará um dos momentos altos da Feira das Cebolas, pelas 22h30, com a presença em palco de Rita Guerra, uma das vozes mais icónicas do nosso país.

Para acabar a noite de sábado da melhor forma, o Jardim da Avenida da Liberdade receberá ainda o dj Nuno Krespo, que irá proporcionar ao público presente muita animação.

O terceiro dia da Feira das Cebolas, domingo, começa também bem cedo, às 09h00, com o passeio de Bicicletas Clássicas.

Às 15h00, no palco 2, não perca a demonstração de Sevilhanas para todas as idades e para todos os públicos, seguindo-se a atuação do Rancho Folclórico e Cultural da Boavista.

Na Praça de Touros José Elias Martins, pelas 17h00, terá lugar uma corrida de touros, com concurso de ganadarias.

Às 19h00, mais um concerto a não perder, com um dos mais promissores artistas da nova geração de músicos portugueses, Eduardo Branco.

A Feira das Cebolas encerrará no Palco Principal com o som eterno das guitarras, violas e vozes da canção de Coimbra, pelas 21h00, com os grupos Raízes de Coimbra e Coimbra no Sado.

Além dos divertimentos infantis, com air bungee, escorregas e insufláveis, terá lugar todos os dias, no Jardim da Avenida da Liberdade, um torneio de Tiro ao Alvo e ainda existirão nos três dias da Feira demonstrações de Tiro Olímpico, nas disciplinas de Carabina e Pistola de Ar Comprimido.

Continuar a ler

ÚLTIMAS

Facebook

x
error: O conteúdo está protegido!!