Siga-nos

Educação

Faleceu Santos Júnior, antigo reitor da Universidade de Évora

Foi reitor entre 1987 e 1994. Viveu momentos agitados como a celebre invasão da reitoria por parte dos alunos em luta pelo fim das propinas

Avatar

Publicado

em

Faleceu hoje, dia 23 de abril, o antigo Reitor da Universidade de Évora, Professor António Gonçalves dos Santos Júnior.

Em nota de pesar, a Reitora da UÉ, Ana Costa Freitas, endereçou “sentidas condolências” à família, amigos e colegas, manifestando que “foi com grande pesar que tomámos conhecimento do falecimento do antigo Reitor da Universidade de Évora, o Senhor Professor António Gonçalves dos Santos Júnior”.

Professor Catedrático do Instituto Universitário de Évora, foi membro da Comissão Instaladora do Instituto Universitário de Évora (1976) e viria, mais tarde, a ser Reitor da Universidade de Évora, entre 1987 e 1994, data da sua aposentação.Para a Universidade de Évora, o nome do Professor Santos Júnior ficará para sempre associado a esta Universidade, “instituição ao qual se dedicou durante longos anos e onde assumiu papéis de relevo em alturas-chave da história recente da instituição.

Pela sua dedicação e empenho na construção da Instituição de Ensino Superior Público que é a Universidade de Évora, será sempre recordado com estima” salientou.O corpo estará hoje na Capela Mortuária da Igreja dos Álamos (Évora), onde será velado e o funeral realiza-se amanhã (24/04/2019), com cerimónia religiosa às 10:00, seguida de partida para o Cemitério do Espinheiro.

Educação

Acesso ao Ensino Superior: Instituto Politécnico de Beja perde 15 vagas em relação a 2018

Portalegre e Évora sobem número de vagas enquanto Algarve e Setúbal continuam com os mesmos números

TDS noticias

Publicado

em

Beja perde 15 vagas, Évora ganha 25, Portalegre ganha 13 enquanto Algarve e Setúbal mantêm

O Ministério do Ensino Superior tem vindo a criar vários mecanismos para fomentar as instituições com menor procura ou em zonas com menos densidade populacional, mas Beja, acaba de perder 15 vagas em relação a 2018. ( veja MAPA )

Um número só ultrapassado por Santarém que teve um corte de 70 vagas para este ano letivo.

O Instituto Politécnico de Beja tem um resultado ‘negativo’ quanto à variação do número de vagas do regime geral de acesso comparando 2018 e 2019.

O estabelecimento de ensino superior perde 15 vagas descendo de 531 em 2018 para 516 em 2019. No Alentejo é o único a perder alunos.

Em Portalegre o resultado foi inverso. No norte Alentejo registou-se um aumento de 13 vagas passando de 537 para 550.

Idêntica tendência aconteceu em Évora. Na Universidade de Évora, onde se regista este ano a abertura do Curso de Enologia (10 vagas) registou-se um aumento de 25 vagas. Em 2018 registaram-se 1221 e em 2019 subiu para 1246.

Em Setúbal e no Algarve os valores mantiveram-se idênticos comparando 2018 a 2019.

 

Continuar a ler

Top

TDS Peça Orçamento