Siga-nos

Economia

Évora volta a ter escola de formação de pilotos.

Processo está a decorrer e merece o ‘impulso’ da autarquia.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto: CM de Évora

Autarquia aprovou por unanimidade a abertura de concurso público para atribuição de licença de utilização do domínio público aeroportuário para uma escola de formação de pilotos e similares no Aeródromo Municipal.

” Évora volta a ter escola de formação de pilotos”

Este Concurso que permitirá à autarquia, após a atribuição da referida licença, ceder ao novo titular as instalações do Hangar 5 (edifício da escola de pilotos), por um período de 15 anos, renovável por períodos de cinco anos, mediante o pagamento mensal de uma taxa de ocupação.

“É com grande regozijo que temos estas instalações municipais prontas a funcionar para o fim que foram criadas”, anunciou o Vereador Alexandre Varela, reconhecendo que este foi um processo negocial bastante intenso para libertar as instalações, desenvolvido pelo Município ao longo de vários anos.

A decisão foi tomada na reunião pública da autarquia já neste mês de setembro.

Continuar a ler
Publicidade

Economia

Roberto Grilo formaliza candidatura à presidência da CCDRA

Economista é o actual presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Roberto Grilo formaliza candidatura à presidência da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo

“Roberto Grilo não contou com qualquer estrutura partidária para a recolha das subscrições”

Roberto Grilo, 48 anos, economista, formalizou, dentro do prazo legal definido, a sua candidatura independente à presidência da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA).

O atual presidente da CCDRA entregou mais 25% de subscrições da sua candidatura do que estipulava o regulamento eleitoral. As propostas são subscritas por autarcas de praticamente todos os partidos com eleitos no Alentejo e vários movimentos independentes.

“Decidi candidatar-me, como independente, quando percebi que posso unir o Alentejo em torno de um projeto comum, que há um grande reconhecimento pelo trabalho que desenvolvi nos últimos cincos anos e porque tenho que ser sensível ao apelo da região para que não me fosse embora nesta situação de crise em que vivemos”, considera Roberto Grilo.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

OUTRAS NOTÍCIAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Categorias

ARQUIVO

error: Content is protected !!