Siga-nos

Turismo

Évora tem 11 mil visitantes por mês

Desde 1968, o Posto de Turismo efetua diariamente o registo de afluência turística. Ao longo de 51 anos de funcionamento, já foram registados mais de 6 milhões visitantes (6.085.006).

Amilcar Matos

Publicado

em

A afluência turística a Évora continua considerável de acordo com os dados disponíveis, que apontam para um total de 142.587 visitantes registados em 2018 ao balcão do Posto de Turismo. No ano 2018 foram registados 1.221 grupos organizados oriundos de operadores turísticos e instituições, a que corresponderam 43.571 visitantes.

O Posto de Turismo Municipal registou em 2018 uma média mensal de 11.882 visitantes

O mês de maior afluência turística registada foi Setembro – um total de 25.210 visitantes – enquanto Janeiro foi o mês com o registo mais baixo (3.453 visitantes).

Quanto aos principais mercados emissores, Espanha, Portugal, França, Brasil, E.U.A., Alemanha, Holanda, Itália, Inglaterra e Japão representam o Top 10, sendo Espanha responsável por 20,53% (29.280) do total de visitantes registados. Apesar de se verificar uma ligeira diminuição na ordem de 3,9% do número total de visitantes registados no Posto de Turismo em 2018, em comparação com 2017, os dados disponibilizados pelos principais monumentos e espaços museológicos da cidade apontam no sentido inverso, a subida do número de turistas.

Assim, o total de visitantes registados na Capela dos Ossos, espaço museológico e monumental que constitui também o principal indicador estatístico na interpretação do total de visitantes em Évora, aumentou em cerca de 8,5%, comparativamente ao ano anterior, e atingiu 348.279 em 2018.

Turismo

Odemira abre nova época balnear

Em todas as praias do concelho é proibida a circulação e permanência de cães que não sejam animais de assistência, conforme consta dos respetivos editais de praia.

TDS noticias

Publicado

em

O concelho de Odemira abre oficialmente a época balnear no dia 15 de junho, com doze Bandeiras Azuis, seis praias com Bandeira de Qualidade Ouro, cinco Praias Acessíveis e duas Praias Naturistas, a maior qualificação e diversidade de sempre.

Além de três novas praias com Bandeira Azul, outras novidades na presente época balnear em Odemira incidem numa nova Praia Naturista e a preparação de outra onde a presença do melhor amigo do homem é autorizada (processo ainda em curso).

Em 2019, doze praias do concelho de Odemira recebem a Bandeira Azul, o símbolo de qualidade e excelência atribuído pela ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa. As praias do Malhão, Malhão Sul, Franquia e Farol (em Vila Nova de Milfontes), Furnas Rio, Furnas Mar e Almograve e Almograve Sul (na freguesia de Longueira/Almograve), Zambujeira do Mar, Alteirinhos e Carvalhal (freguesia de S. Teotónio) e a praia fluvial de Santa Clara-a-Velha irão hastear a Bandeira Azul.

A Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza voltou a atribuir a bandeira de Qualidade de Ouro a seis praias de Odemira: Malhão, Franquia, Furnas Rio, Almograve, Zambujeira do Mar e Carvalhal. Esta distinção é atribuída a todas as praias que tenham qualidade “Excelente” nos últimos 4 anos.

Praia Acessível é outra importante classificação atribuída às praias da Franquia, Furnas Rio, Furnas Mar, Zambujeira do Mar e Carvalhal. O galardão “Praia Acessível – Praia para Todos” pretende dotar as zonas balneares de um conjunto de condições que permitam o seu uso universal e resulta de uma parceria entre o Instituto Nacional para a Reabilitação, a Agência Portuguesa do Ambiente e o Turismo de Portugal.

Duas praias naturistas

Para os adeptos do naturismo, existem duas praias classificadas oficialmente no concelho de Odemira. Desde 2019 a praia do Malhão Norte é também oficialmente uma praia naturista, tal como Alteirinhos Sul, assim classificada desde 2008.

Zona balnear oficial para cães

Para a época balnear de 2019, a Câmara Municipal de Odemira deliberou a aprovação de uma zona de uso balnear canino, na zona mais a sul da Praia do Malhão, encontrando-se este processo ainda em fase de desenvolvimento, junto das diversas entidades. Neste espaço os animais devem estar com trela e/ou açaime e os dejetos devem ser obrigatoriamente recolhidos e depositados em local apropriado disponibilizado para o efeito.

Continuar a ler

Top

TDS Peça Orçamento