Últimas:
Estado de Emergência em vigor nos 8 concelhos alentejanos. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Sociedade

Estado de Emergência em vigor nos 8 concelhos alentejanos.

Sabe quais são as excepções ?

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Entrou em vigor o Estado de Emergência.

“Sabe o que pode e não pode fazer ?” 

Borba, Estremoz, Redondo, Viana do Alentejo, Vila Viçosa, Alcácer do Sal, Sines e Beja estão em Estado de Emergência o que significa, por exemplo o recolher obrigatório nocturno.

Será assim pelo menos até 23 de novembro.

Para além de não poder circular entre as 23h00 e as 05h00 da manhã nos próximos dois fins de semana também não pode circular a partir das 13h00.

Mas existem 13 exceções :

1) Deslocações para desempenho de funções profissionais ou equiparadas, conforme atestado por declaração;

2) Deslocações no exercício das respetivas funções profissionais – de Estado, de Saúde, de Socorro, de Segurança ou Proteção Civil e de Culto – ou por causa delas, sem necessidade de declaração;

3) Deslocações por motivos de saúde;

4) Deslocações para aquisição de produtos alimentares e de higiene, para pessoas e animais;

5) Deslocações para acolhimento de emergência de vítimas de violência doméstica ou tráfico de seres humanos, bem como de crianças e jovens em risco;

6) Deslocações para assistência de pessoas vulneráveis, pessoas com deficiência, filhos, progenitores, idosos ou dependentes;

7) Deslocações por razões familiares imperativas, designadamente o cumprimento de partilha de responsabilidades parentais;

8) Deslocações de assistência urgente a animais;

9) Deslocações necessárias ao exercício da liberdade de imprensa;

10) Deslocações pedonais de curta duração para efeitos de fruição de momentos ao ar livre, desacompanhadas ou na companhia de membros do mesmo agregado familiar que coabitem;

11) Deslocações pedonais de curta duração para efeitos de passeio dos animais de companhia;

12) Motivos de força maior ou necessidade impreterível, desde que inadiáveis e devidamente justificados;

13) Retorno ao domicílio pessoal no âmbito das deslocações referidas nas alíneas anteriores.

Policias

GNR em fiscalização intensiva a pesados.

Nos anos de 2019 e 2020, a GNR registou 11.159 acidentes envolvendo veículos pesados.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Operação “ECR Veículos Pesados”

A Guarda Nacional Republicana (GNR), a partir de amanhã, 8 de março, e até ao dia 14 março, realiza a uma operação de fiscalização intensiva de veículos pesados, orientando as ações para as vias mais críticas à sua responsabilidade e onde se verifique um maior volume de tráfego deste tipo de veículos, de modo a promover a segurança rodoviária e a diminuição do risco de ocorrência de acidentes de viação.

Irão ser empenhadas as subunidades de trânsito dos Comandos Territoriais do Continente e da Unidade Nacional de Trânsito (UNT), na realização de ações coordenadas de fiscalização de veículos pesados. Estas ações visam melhorar a sustentabilidade, a concorrência e as condições de trabalho em transporte rodoviário, através do cumprimento dos regulamentos existentes, com especial incidência nas matérias de manipulação e de Sistema de Redução Catalítica Seletiva (SCR), aumentando a eficácia e a qualidade dos serviços prestados pela Guarda aos utentes das vias.

Nos anos de 2019 e 2020, a GNR registou 11.159 acidentes envolvendo veículos pesados, dos quais resultaram 14 vítimas mortais e 36 feridos graves, entre condutores e passageiros.

Na semana em que os Serviços Europeus de Inspeção de Transportes, membros da Euro Contrôle Route (ECR), irão levar a efeito ações de controlo de veículos pesados, a Guarda junta-se a essa iniciativa para sensibilizar a sociedade, em especial os operadores económicos que se dedicam ao transporte rodoviário de mercadorias, para a importância da adoção de comportamentos mais seguros por parte dos condutores profissionais, tendo em vista a promoção da segurança rodoviária e a salvaguarda de vidas humanas.

Continuar a ler

x
error: Content is protected !!