Últimas:
Escolas de Comporta e Torrão com quadros interativos. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos

Educação

Escolas de Comporta e Torrão com quadros interativos.

Investimento da autarquia que rondou os 14 mil euros

Publicado

em

Câmara de Alcácer moderniza ensino nos Centros Escolares de Comporta e Torrão

“oferta de quadros interativos “

Os Centros Escolares de Comporta e de Torrão dispõem agora de um sistema de aprendizagem mais moderno para os alunos e alunas do 1.º ciclo do ensino básico, com a oferta de dois quadros interativos a cada um destes estabelecimentos educativos pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal. Um investimento que rondou os 14 mil euros e que incluiu a formação dos professores que irão utilizá-los, que se concretizou a 18 de janeiro de 2022, na Comporta e a 19 de janeiro, no Torrão.

“Estes novos quadros, que vieram substituir os antigos por se encontrarem obsoletos, representam um salto tecnológico e qualitativo na Educação. Além de constituírem uma evolução em que computador, som e imagem integram todos a mesma solução, os novos quadros trazem para a sala de aula um maior dinamismo e aumentam a interatividade entre o professor e o aluno”, salienta Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer.

Os novos quadros vêm flexibilizar os processos de ensino e de aprendizagem, com recurso a um suporte tecnológico que torna a aula mais interativa, inovadora e que amplia o envolvimento dos estudantes.

A título de exemplo, um aluno pode passar o que está no seu dispositivo móvel (telemóvel, portátil, tablet) para o quadro interativo para partilhar com todos, além de que o professor pode chamar um aluno para “ir ao quadro” e o aluno resolve o problema a partir do seu dispositivo móvel.

Os quadros interativos são compatíveis com qualquer dispositivo, o que facilita a partilha de conteúdos sem a preocupação da compatibilidade de cablagem.

 

Educação

Portões abertos mas escolas sem aulas

Cenário igual em toda a região

Publicado

em

Foto TDS: Escola Básica Manuel Ferreira Patrício

Greve da função pública

Escolas a ‘meio gás’

Os portões estão abertos mas os alunos não estão.

Só os funcionários que não aderiram à greve estão nas escolas.

O cenário é este em todo o Alentejo.

Praticamente em todos os agrupamentos existem escolas sem funcionar.

Muitos dirigentes sindicais e funcionários vão participar na manifestação em Lisboa.

Continuar a ler

Educação

Cantina de escola em Évora deixa de funcionar devido a casos de covid-19

Vários professores e assistentes operacionais infetados

Publicado

em

Os alunos da escola Conde de Vivalva em Évora vão ficar sem refeitório já a partir de amanhã e por tempo indeterminado devido a vários casos de covid-19 entre funcionários do estabelecimento de ensino.

Para além de casos positivos em auxiliares e assistentes técnicos há também professores com teste positivo à covid-19 o que leva a constrangimentos também no que diz respeito às aulas. 

A Escola Básica Conde de Vilalva, iniciou a sua atividade em 1993, e situa-se no Bairro do Bacelo, em Évora.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!