Últimas:
Ermida de S. Brás, em Évora, irá beneficiar de obras de conservação – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Artes

Ermida de S. Brás, em Évora, irá beneficiar de obras de conservação

Obra vai custar 83 mil euros

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Ermida de S. Brás, em Évora, irá beneficiar de obras de conservação

” valor global da obra é de 83 mil euros “

Mandada construir por D. João II, e classificada como Monumento Nacional, a Ermida de S. Brás, situada no Rossio de S. Brás, em Évora, irá beneficiar de obras de conservação, que incidirão na cobertura, rebocos e caixilharias.

O projeto é da Direção Regional de Cultura do Alentejo, que também fiscalizará a obra, resultando de uma parceria com a Fábrica Paroquial de S. Brás.

O contrato para a empreitada foi já celebrado entre a Fábrica Paroquial de S. Brás e a empresa Construções Borges & Cantante, Lda., à qual foram adjudicados os trabalhos que arrancam a 3 de fevereiro, dia de S. Brás.

Candidatada ao PORA – Programa Operacional Regional do Alentejo a intervenção é financiada pelo FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e está validada por protocolo com a Direção Regional de Cultura do Alentejo e pela Direção-Geral do Tesouro e Finanças.

O valor global da obra é de 83 093,80 € (oitenta e três mil e noventa e três euros e oitenta cêntimos), acrescido de IVA à taxa legal em vigor.

A Ermida de S. Brás constitui um importante símbolo da cidade de Évora sendo simultaneamente um espaço religioso de referência para a população eborense e para quem a visita.

Continuar a ler
Publicidade

Agenda

Revelados segredos do Teatro Garcia de Resende

Visitas organizadas pela Câmara de Évora são gratuitas e encenadas por atores.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

“Segredos do Teatro Garcia de Resende revelados em ciclo de seis visitas guiadas e encenadas”

Dar a conhecer a história e o interior do Teatro Garcia de Resende (TGR), que reabriu ao público a 01 de junho, após conclusão das obras de requalificação que decorreram ao longo do último ano, é o objetivo de um conjunto de seis visitas agendadas para as sextas-feiras nos dias 11, 18 e 25 junho e 2, 23 e 30 de julho, sempre às 18h.

Com a duração de duas horas, as visitas organizadas pela Câmara de Évora são gratuitas e encenadas pelos atores Maria Marrafa e Jorge Baião. As reservas devem ser feitas pelo telefone 266 703 112 com limite máximo de 10 pessoas por visita. 

O Teatro Garcia de Resende completou, precisamente no dia da sua reabertura, 129 anos de existência (foi inaugurado em 1892). Considerado um dos mais belos teatros portugueses, com um palco à italiana e uma impressionante maquinaria de estilo barroco, ainda em funcionamento, construída para a realização de óperas, faz parte da Rede Europeia de Teatros Históricos. 

O TGR volta, assim, a ser um espaço de cultura aberto a toda a população, que se pretende afirmar como um centro de criação e experimentação, no qual caibam as diversas linguagens artísticas: do teatro à música, passando pela dança e o cinema, o palco do Teatro é lugar de “encontro de todas as expressões, liberdades e igualdades no prosseguimento da descentralização da cultura e da cultura para todos.” 

Recorde-se que a requalificação do TGR incidiu na melhoria da segurança, funcionalidade e conforto, centrada na segurança contra incêndios, estabilidade estrutural, redes de água e esgotos, eletricidade e ventilação. A intervenção agora concretizada permite adequar a centenária sala de espetáculos às exigências dos tempos atuais, constituindo-se, também, como inegável mais-valia no contexto da candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura 2027. 

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!