Siga-nos

Saúde

Entrou em funcionamento em Évora Área Dedicada à COVID-19 (ADC-Comunidade)

Pretende-se aumentar a capacidade de resposta ao diagnóstico COVID-19, nomeadamente a realização de testes.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Dando cumprimento à norma 004/2020 de 23 de março, emitida pela Direção-Geral da Saúde entrou em funcionamento, a Área Dedicada COVID-19 (ADC-Comunidade) em Évora nas instalações do Complexo Desportivo de Évora, cedidas pela Câmara Municipal de Évora, de forma a aumentar a capacidade de resposta ao diagnóstico COVID-19, nomeadamente a realização de testes.

No caso de suspeita deverá sempre ligar a Linha SNS24, e a partir de agora poderá também contactar a sua Unidade de Saúde Familiar/Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados, para referenciação e encaminhamento.

De acordo com a nova norma, a avaliação feita pela Linha SNS24, ou pela USF / UCSP, permite o encaminhamento do doente suspeito de COVID-19 para:

– Autocuidados, em isolamento no domicílio e sob vigilância;

– Avaliação médica em Áreas Dedicadas COVID-19 nos Cuidados de Saúde Primários (ADC-COMUNIDADE);

– Avaliação médica em Áreas Dedicadas COVID-19 nos Serviços de Urgência do SNS (ADC-SU);

– CODU/INEM.

A partir de hoje  os doentes suspeitos de COVID19 poderão também ser encaminhados para esta Área Dedicada COVID-19 (ADC-Comunidade).

Salienta-se a importância de contactar sempre a Linha SNS24 ou a sua Unidade de Saúde Familiar/Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados.

Segundo José Robalo, presidente do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde do Alentejo, estão a ser tomadas várias diligências para dar cumprimento à nova norma em toda a região, em estreita articulação com a autoridade de saúde regional e com os Agrupamento de Centros de Saúde da região.

É fundamental que a população continue a cumprir também as recomendações da Direção-Geral da Saúde.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Saúde

Água das Termas de Cabeço de Vide ajudou a curar doentes COVID-19

Fernando Rocha terá sido um dos que se tratou com a água alentejana.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Dez pessoas infetadas com o novo coronavírus foram tratadas com água das Termas da Sulfúrea, em Cabeço de Vide, Fronteira, Portalegre, e acabaram por testar negativo, após o respectivo tratamento.

“O último caso foi o de um casal de Portalegre que testou negativo após 52 dias de positivo.”

O casal, de 36 e 34 anos, residente na cidade e com duas crianças, uma de sete anos e um menino de 15 meses, testou negativo, esta sexta-feira, após uma semana de tratamento com a água sulfurosa com particularidades muito específicas, e que já tinha sido alegadamente responsável pela cura do comediante Fernando Rocha.

Ao longo desses dias o tratamento do casal passou por ingerir uma quantidade de 10 mililitros de água em jejum e fazer aerossóis durante cerca de 15 minutos, duas a três vezes por dia.

O homem acrescenta mesmo: “Comecei a sentir diferença na respiração” logo ao início, com a “«libertação» da caixa torácica”.

Apesar de ser da região, reconhece que não conhecia as propriedades da famosa água termal: “Entrei em contacto e de imediato me disponibilizaram água”, pelo que é “acessível a qualquer pessoa”.

com JN

Continuar a ler

Copyright © 2020 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com Publicidade site | rádio: 917278022

error: Content is protected !!