Siga-nos

Educação

Ensino superior chega a Moura com curso superior de Turismo

Os interessados em obter mais informações devem contactar os serviços académicos do Instituto Politécnico de Beja ou a Câmara Municipal de Moura

TDS noticias

Publicado

em

Moura vai receber, pela primeira vez, um curso do ensino superior que estará disponível já no próximo ano letivo 2019/20.

Trata-se de uma parceria entre a Câmara Municipal de Moura, a Escola Profissional de Moura e o Instituto Politécnico de Beja, em articulação com a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares.

O Município de Moura tem vindo a desenvolver esforços no sentido de enriquecer a oferta formativa existente no concelho, um objetivo que se materializa agora através do surgimento do Curso Técnico de Ensino Superior Profissional de Informação e Comercialização Turística, que funcionará nas instalações da Escola Profissional de Moura.

Será ministrado pelo corpo docente desta escola e do IPBeja.

“Ter um Curso TeSP na sede do concelho é uma forma dos nossos alunos poderem prosseguir os seus estudos no ensino superior, na área do turismo, sem terem de deixar o seu concelho, permitindo uma opção menos onerosa para as famílias e promovendo a igualdade de oportunidades” afirma Lurdes Balola, Vereadora da Câmara Municipal de Moura.

Os Cursos Técnicos Superiores Profissionais são uma nova formação superior com duração de dois anos, que incluem um estágio de um semestre numa empresa.

O acesso a um Curso pode ser feito de forma direta sem realização de prova, para titulares de um curso de Ensino Secundário Profissional Nível 4; titulares do 12.º ano completo, ou habilitação legalmente equivalente; titulares de um diploma de especialização tecnológica; e titulares de um grau de ensino superior que pretendam a sua requalificação profissional.

É também possível o acesso através do programa Maiores de 23.

Educação

Praxe na Universidade de Évora motiva denúncia em linha de ‘praxes abusivas e violentas’.

O caso da Universidade de Évora foi o único relatado aos serviços da Direção-Geral do Ensino Superior quanto a abusos em espaços de ensino superior no Alentejo 

TDS noticias

Publicado

em

A linha de denúncias de praxes abusivas e violentas recebeu no passado ano letivo nove queixas.

Em causa agressões entre alunos que aconteceram, na sua maioria, em instituições de ensino superior do norte do país mas também na Universidade de Évora.

No Alentejo, uma  situação de ‘praxe abusiva’ motivou uma denúncia contra a atuação de um grupo de alunos da Universidade de Évora. A denúncia terá sido feita por parte de um aluno ‘praxado’.

A linha de denúncias de praxes abusivas foi criada há cinco anos e desde então os abusos têm vindo a diminuir: No primeiro ano de existência, a linha recebeu 80 queixas; já no ano letivo que terminou em julho, registaram-se nove casos.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Agosto 2019
S T Q Q S S D
« Jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul