Siga-nos

Artes

Em noite de futebol o mais belo poema de José Régio, o professor do Liceu de Portalegre durante 30 anos.

Paulo Gracindo interpreta Cântico Negro – o mais belo poema de José Régio

TDS noticias

Publicado

em

Paulo Gracindo interpreta Cântico Negro – o mais belo poema de José Régio

José Régio, pseudônimo literário de José Maria dos Reis Pereira, nasceu em Vila do Conde em 1901. Licenciado em Letras em Coimbra, ensinou durante mais de 30 anos no Liceu de Portalegre.

Foi um dos fundadores da revista “Presença”, e o seu principal animador. Romancista, dramaturgo, ensaísta e crítico, foi, no entanto, como poeta que primeiramente se impôs e a mais larga audiência depois atingiu.

Com o livro de estréia — “Poemas de Deus e do Diabo” (1925) — apresentou quase todo o elenco dos temas que viria a desenvolver nas obras posteriores: os conflitos entre Deus e o Homem, o espírito e a carne, o indivíduo e a sociedade, a consciência da frustração de todo o amor humano, o orgulhoso recurso à solidão, a problemática da sinceridade e do logro perante os outros e perante a si mesmos.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Agenda

Vida e obra de Bach em Alcácer do Sal já no mês de setembro

De 20 a 22 de setembro, no Auditório Municipal da cidade e na Igreja de Santiago, festival “VIVA BACH”.

TDS noticias

Publicado

em

A música, a vida, a obra e o génio de J.S. Bach vão estar em destaque em Alcácer do Sal de 20 a 22 de setembro, data em que o Auditório Municipal da cidade e a Igreja de Santiago recebem o festival “VIVA BACH”.

O festival conta com a participação de músicos de Portugal, Áustria, Brasil, Alemanha e Holanda.

A iniciativa tem início no dia 20 de setembro, pelas 21h, na Igreja de Santiago com o concerto “Prelúdios e Fugas”, por Anna Magdalena Kokits (Áustria), no piano e Paul Gulda (Áustria), no cravo.

Para 21 de setembro estão agendados dois concertos na Igreja de Santiago: “As Épocas à Conversa”, às 16h, com Paulo Gaio-Lima (Portugal), no violoncelo, Duo Moving Sounds: Markus Stockhausen (Alemanha), no trompete e Tara Bouman (Alemanha), clarinete baixo; às 21h há “Concertos e Cantatas”, com os artistas Rosina Fabius (Holanda), Mezzo Soprano, Ana Pereira (Portugal), no violino e Camerata “Alma Mater” (Portugal).

No último dia, o Festival “VIVA BACH” arranca às 11h com a Mesa Redonda “A Universalidade de Bach”. A ter lugar no Auditório Municipal de Alcácer, contará com as participações de Vítor Proença (presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal), Alexandre Delgado (Portugal), Rui Vieira Nery (Portugal), Ana Mafalda Castro (Portugal), Cristiano Holtz (Brasil), Sociedade Filarmónica Amizade Visconde de Alcácer e Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba. Para terminar, às 16h decorre na Igreja de Santiago “Flauta de Bisel e Cravo”, um concerto protagonizado por António Carrilho (Portugal), na flauta e Cristiano Holtz (Brasil), no cravo.

“VIVA BACH” é promovido pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal tem entrada livre e a direção artística é de Veronika Schreiber.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Agosto 2019
S T Q Q S S D
« Jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul