Siga-nos

Património

EDIA publica vídeo de sensibilização sobre Sobreiros e Azinheiras

Os Sobreiros e Azinheiras, tal como todas as árvores, são máquinas que a natureza aperfeiçoou para fixar o dióxido de carbono atmosférico e assim um instrumento fundamental para a neutralidade carbónica que perseguimos.

TDS noticias

Publicado

em

Consciente da importância que as Quercíneas têm no ecossistema do Alentejo, fazendo delas verdadeiros ícones da região, a EDIA decidiu produzir e publicar um vídeo de sensibilização para a preservação na paisagem destas espécies.

Para além de constituírem uma imagem de marca do Alentejo, as quercíneas dispersas têm também um valor ambiental associado ao facto de contribuírem para a promoção da biodiversidade com ligação direta à presença de organismos auxiliares da atividade agrícola, ao permitirem o poiso e nidificação de aves insetívoras e de aves de rapina diurnas e noturnas assim como de morcegos insetívoros arborícolas. Estes, controlando roedores e insetos, ajudam a proteger e reduzir a suscetibilidade a pragas e ruturas nos sistemas de rega, o que se repercute na produtividade, redução das perdas agrícolas e, consequentemente, no valor económico.

A presença de quercíneas dispersas favorece a perceção da multifuncionalidade do espaço rural, quebrando a monotonia da paisagem e acrescentando-lhe valor.

A grande maioria dos sistemas de rega, com exceção dos pivots, permite compatibilizar as quercíneas isoladas com as culturas regadas criando até sinergias entre as duas espécies vizinhas, tal como acontece nas florestas naturais.

As eventuais reduções de áreas de plantação devido à presença de quercíneas isoladas são potencialmente compensadas pelo aumento da produtividade e rentabilidade em resultado da redução dos danos provocados por pragas ou do custo investido no seu controlo.

Mesmo nas vinhas, olivais e amendoais em que se pretende fazer a colheita com máquinas de colheita em sebe, a presença de árvores dispersas não é incompatível com este procedimento, desde que seja criada uma clareira em redor da árvore.

Preservar as quercíneas é preservar a identidade da região sem prejuízo da agricultura moderna do Alentejo.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Património

Hotel do Convento do Carmo, em Moura, deve abrir em 2022

O novo hotel tem abertura prevista para 2022, no âmbito de uma concessão de 50 anos para fins turísticos.

TDS noticias

Publicado

em

O Convento do Carmo, em Moura, tornou-se no 9.º imóvel adjudicado do Programa Revive.

A recuperação do imóvel para a criação de um hotel com 4 estrelas, com cerca de 50 quartos, foi adjudicada à gestora do Convento do Espinheiro (SPPTH— Sociedade de Promoção de Projetos Turísticos e Hoteleiros), num investimento estimado de cerca de 6 milhões de euros.

O Convento do Carmo, edificado em 1251, foi o primeiro da ordem carmelita fundado na Península Ibérica. No século XVI sofreu transformações profundas, tendo sido construída nessa altura a igreja, os claustros e as capelas.

Foi deste convento que saíram os monges que fundaram o Convento do Carmo, em Lisboa.

O imóvel está localizado no centro histórico de Moura, próximo do castelo e da biblioteca municipal de Moura e o conjunto que engloba a igreja e o claustro do convento está classificado como imóvel de interesse público desde 1944.

O Convento do Carmo é um dos imóveis inscritos no Revive, um programa conjunto dos ministérios da Economia, Cultura e Finanças com a colaboração das autarquias locais. Pretende-se com este programa valorizar e recuperar o património sem uso, reforçar a atratividade dos destinos regionais e o desenvolvimento de várias regiões do país. Até ao momento foram lançados 18 concursos no âmbito do Revive. Atualmente, estão abertos os concursos para a concessão do Mosteiro de Lorvão, em Penacova, do Castelo de Vila Nova de Cerveira e do Forte da Ínsua, em Caminha.

Os próximos concursos a serem lançados serão os relativos ao Mosteiro de Travanca (Amarante), Santuário do Cabo Espichel (Sesimbra) e Forte da Barra de Aveiro (Ílhavo).

 

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Agosto 2019
S T Q Q S S D
« Jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul