Últimas:
Distrito de Évora com 5 projetos candidatos a prémio na área da Reciclagem – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos

Sociedade

Distrito de Évora com 5 projetos candidatos a prémio na área da Reciclagem

Os vencedores de cada categoria vão ser conhecidos numa cerimónia, que vai acontecer em Lisboa, no final de janeiro do próximo ano.

Publicado

em

Iniciativa da Sociedade Ponto Verde recebeu mais de 170 inscrições

Distrito de Évora com 5 projetos candidatos a prémio na área da Reciclagem

As comunidades de Estremoz, Évora, Moura, Viana do Alentejo e Vila Viçosa responderam positivamente ao desafio lançado pela Sociedade Ponto Verde e integram a lista de candidaturas ao prémio “Junta-te ao Gervásio”. No total são 5 os projetos na área da Reciclagem e da Economia Circular desenvolvidos no distrito de Évora que foram inscritos nas 3 categorias deste concurso, “Entidades de Proximidade” (2); “Cidadania Social” (2) e “Juntas de Freguesia (1).

A produção de briquetes para lareiras resultantes de papel e papelão usados e compostos de serradura e desperdícios de madeira; ou a criação de uma moeda social local biodegradável, são algumas das iniciativas que se encontram entre este grupo de projetos.

Recorde-se que o prémio “Junta-te ao Gervásio” é promovido pela Sociedade Ponto Verde com o objetivo de distinguir o que de melhor se faz dentro das comunidades locais e dar visibilidade às boas práticas na área da Reciclagem de embalagens e da Economia Circular, uma vez que poderão servir de referência, enquanto aceleradores de imaginação à replicabilidade noutros contextos comunitários.

Nesta primeira edição, a Sociedade Ponto Verde recebeu um total de 173 candidaturas, das quais 60 integram a categoria “Cidadania Social” (pessoas singulares), 58 a categoria “Juntas de Freguesia” e 55 a categoria “Entidades de Proximidade” (associações e organizações).

Terminado este período de candidaturas, inicia-se agora a fase de avaliação de todos os projetos pelo ISCTE Executive Education que, enquanto Knowledge Partner do Prémio, vai selecionar o grupo de 15 finalistas de onde vão ser eleitos os grandes vencedores e anunciadas as menções honrosas, após seleção pelo júri do “Junta-te ao Gervásio”.

O caráter inovador do projeto, o seu impacto económico, social e ambiental na comunidade local, e o facto de incentivar a prática da reciclagem de embalagens são alguns dos critérios considerados para a atribuição dos prémios.

Na categoria “Juntas de Freguesias”, ao 1º lugar será entregue como prémio uma escultura inédita da autoria da artista plástica Cristina Rodrigues, que está a ser criada a partir de milhares de embalagens e sobras de plástico, para instalação na localidade vencedora. Haverá ainda lugar a 9 menções honrosas.

Já para as categorias “Entidades de Proximidade” e “Cidadania Social”, está previsto um top 3 com atribuição de prémios monetários que perfazem um total de 15.000€, destinados a novos projetos ou a dar continuidade aos projetos desenvolvidos neste âmbito, além de menções honrosas, duas em cada categoria.

“O balanço que fazemos desta primeira edição do ‘Junta-te ao Gervásio’ é bastante positivo. Incentivámos os portugueses a partilharem os seus projetos na área da Reciclagem, desde que feitos em benefício das suas comunidades, e o que verificamos é que há trabalho feito de grande qualidade e com um empenho notável das forças vivas locais,” refere Ana Trigo Morais, CEO da Sociedade Ponto Verde.

“A SPV dá, assim, continuidade ao trabalho de proximidade que tem vindo a estabelecer com as comunidades em todo o território nacional. Vamos agora entrar numa nova fase, cabendo ao júri a tarefa de selecionar os vencedores. Além dos prémios pecuniários, vamos oferecer uma obra de arte inédita à Junta de Freguesia que mais se destacar na sua categoria. É um prémio que sensibiliza para a Reciclagem e para o problema da poluição dos oceanos, já que é construído a partir de várias centenas de embalagens de plástico”, conclui Ana Trigo Morais.

O Prémio “Junta-te ao Gervásio” é promovido pela Sociedade Ponto Verde e conta com o apoio da APA – Agência Portuguesa do Ambiente e ANAFRE – Associação Nacional de Freguesias e com o ISCTE Executive Education como Knowledge Partner.

Agenda

Comissão de Utentes do IC1 marcam debate

A acção de luta vai realizar-se no próximo dia 3 de Dezembro (Sábado), às 15:00, no Auditório da Junta de Freguesia de Santiago (União das Freguesias de Alcácer do Sal).

Publicado

em

Protesto

A Comissão de Utentes do I.C.1, vai realizar um Debate sobre o estado da estrada Itinerário Complementar nº1, no troço entre Alcácer do Sal Sul e Palma.

Em causa estão 16 km’s de via que se encontra muito degradada.

Esta Comissão considera que o estado de degradação visível em que este troço se encontra, representa um grave atentado a todos os Utentes que ali circulam, bem como, aos interesses da População residente, que têm visto nestes últimos anos, a sua condição de vida afectada quer no âmbito económico, social e, sobretudo, na sua segurança e integridade física.

Segundo a Comissão “Esta situação é inaceitável e insustentável considerando que este Itinerário é um eixo rodoviário fundamental entre o Norte e o Sul do País, destacando-se, neste argumento, a actividade turística e industrial e também pela relevância do Complexo Industrial/Portuário de Sines.”

A Comissão de Utentes exige ao Governo, que dê cumprimento e com a máxima rapidez às suas obrigações de iniciar as obras de reparação do IC1, colocando as indispensáveis condições de circulação em plena segurança de forma consentânea com o nível de serviço exigível a um eixo viário fundamental e salvaguardando o interesse público.

A acção de luta vai realizar-se no próximo dia 3 de Dezembro (Sábado), às 15:00, no Auditório da Junta de Freguesia de Santiago (União das Freguesias de Alcácer do Sal).

Continuar a ler

Sociedade

Novo Caminho de Santiago no Alentejo, Badajoz-Estremoz.

Caminho transfronteiriço liga-se no Alentejo

Publicado

em

“Novo Caminho de Santiago | Alentejo”

Caminho transfronteiriço liga-se no Alentejo

O Alentejo vai ter um novo Caminho de Santiago transfronteiriço que liga Badajoz ao Caminho Nascente em Estremoz.

No âmbito do projeto Caminhos Jacobeus do Oeste Peninsular, apoiado pelo INTERREG V A España
Portugal (POCTEP), que tem como objetivo identificar e promover os itinerários jacobeus
transfronteiriços, a Turismo do Alentejo e Ribatejo efetuou a ligação transfronteiriça de cerca de 70 km
de extensão do Caminho de Santiago Português Nascente e o Caminho Português da Raia, entre Elvas,
Vila Viçosa, Borba e Estremoz com Badajoz.

Esta iniciativa visa a sinalização, dinamização e valorização do património histórico, paisagístico e cultural deste território no sentido de promover esta variante e melhorar a experiência do viajante.

Dia 06 de dezembro arranca o primeiro de dois Colóquios, e no dia 07 de dezembro o primeiro Workshop, de três.

Os Eventos, que decorrerão entre os dias 06 e 16 de dezembro, são promovidos pela Turismo do Alentejo e Ribatejo, com o apoio dos Municípios de Elvas, Vila Viçosa, Borba, Estremoz e Portalegre, abordarão temáticas de Estruturação | Conhecimento | Experienciação | Dinamização dos Caminhos de Santiago no Alentejo.

Esta iniciativa é dirigida à comunidade, a entidades públicas e privadas locais e regionais, e contará com diversos oradores em sessões de sala e caminhadas.

Colóquio 06/dez/22

10h – 13hElvas
Biblioteca Municipal de Elvas Dra. Elsa Grilo
14h30 – 16h Experimentação do Caminho
Workshop 07/dez/22 10h – 13h Portalegre Museu da Tapeçaria de Portalegre Guy Fino
Workshop 15/dez/22 10h – 13h Borba Cine-Teatro Municipal de Borba
Workshop 15/dez/22 14h30 – 17h30 Vila Viçosa Pousada Convento Vila Viçosa
Colóquio 16/dez/22

10h – 13h

Estremoz

Biblioteca Municipal de Estremoz
14h30 – 16h Experimentação do Caminho

Continuar a ler

Gastronomia

Batata doce com semana Gastronómica

A “Mostra Gastronómica do Concelho de Grândola” vai decorrer de 1 a 11 de dezembro.

Publicado

em

Semanas Gastronómicas da batata-doce

arrancam amanhã em Grândola

A última edição de 2022 da mostra gastronómica promovida pelo Município de Grândola é dedicada à batata-doce. O produto endógeno é o principal ingrediente das ementas propostas pelos 10 restaurantes participantes.

Frita, assada, em puré ou migas, a batata-doce a apresentada no cardápio como acompanhamento das carnes grelhadas, da tradicional carne de alguidar, do coelho frito, do robalo, do entrecosto ou do lombo assado e das bochechas no tacho, dos secretos, lombinhos, lagartos ou do churrasquinho de porco preto.

Há ainda propostas novas como o chili com batata-doce, o falafel com quinoa e batata-doce assada ou o puré de mousseline com posta de bacalhau e farofa de pão com batata-doce.

Como sobremesa as sugestões dos restaurantes são as azevias, o bolo, a tarte, o pudim e a mousse de batata-doce com frutos vermelhos.

A “Mostra Gastronómica do Concelho de Grândola” vai decorrer de 1 a 11 de dezembro.

Continuar a ler

ÚLTIMAS

Facebook

x
error: O conteúdo está protegido!!