Últimas:
Dezenas de pessoas sem distanciamento aguardam vacina em Évora. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

Dezenas de pessoas sem distanciamento aguardam vacina em Évora.

Milhares de pessoas já foram vacinadas na Arena de Évora.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Arena de Évora

“Centro de vacinação de Évora com dezenas de pessoas à espera”

Dezenas de pessoas aguardaram hoje, por volta das 15horas, à porta da Arena de Évora, após convocatória para a vacinação.

O número elevado de pessoas agendado para a mesma hora provocou espera demorada assim como uma concentração de dezenas de pessoas sem distanciamento.

Apesar do constrangimento evidente pela espera a grande maioria dos utentes tem mostrado a sua opinião favorável ao trabalho das equipas de enfermagem no interior do espaço.

A Arena de Évora é o espaço cedido pela Câmara Municipal para funcionar como Centro de Vacinação COVID19 para o Concelho de Évora.

Com coordenação técnica do Agrupamento de Centros de Saúde do Alentejo Central – ACES e o apoio logístico do Município, esta unidade de vacinação tem funcionado regularmente desde o final de fevereiro na administração de vacinas à população.

O Centro de Vacinação da Arena de Évora, uma das 14 unidades em funcionamento sob a responsabilidade do ACES do Alentejo Central, tem mantido um ritmo de atividade regular com uma média de 600 vacinas administradas por dia.

Continuar a ler
Publicidade

Saúde

Odemira recua no desconfinamento. Grândola e Sines estão em alerta.

Veja a lista completa do desconfinamento

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

“Dez concelhos recuam, quatro recuperam”

Lisboa e Braga são as duas capitais de distrito entre os 10 concelhos que recuam no desconfinamento entre eles Odemira.

Quatro recuperaram, mas há 20 sob alerta das autoridades entre os quais estão Grândola e Sines.

Há 10 concelhos que, devido às altas incidências de casos positivos de infeção por SARS-CoV-2, não acompanham a generalidade do país e recuam no desconfinamento:

  • Albufeira, Arruda dos Vinhos, Braga, Cascais, Lisboa, Loulé, Odemira, Sertã, Sintra e Sesimbra (com 480 casos por 100 mil habitantes a duas semanas).

Há 20 concelhos que ficam sob alerta:

  • Alcochete, Águeda, Almada, Amadora, Barreiro, Grândola, Lagos, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odivelas, Oeiras, Palmela, Sardoal, Setúbal, Seixal, Sines, Sobral de Monte Agraço e Vila Franca de Xira.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!