Últimas:
Desde 2011 não havia tão poucos incêndios rurais – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos

Incêndios

Desde 2011 não havia tão poucos incêndios rurais

Números ainda são provisórios.

Publicado

em

Incêndios rurais

“Números inferiores aos anos anteriores”

A análise provisória relativa aos incêndios rurais entre 1 de janeiro e 31 de agosto de 2021 revela que este é o ano com o menor número de incêndios desde 2011 e, na mesma década, o segundo com menor área ardida.

Segundo os dados do Sistema de Gestão de Informação dos Incêndios Florestais (SGIF), hoje divulgados, em 2021 registaram-se 6.672 incêndios rurais – o menor número de incêndios rurais no mesmo intervalo de tempo desde 2011 e menos 47% relativamente à média anual da década (12.528).

Os 6.672 incêndios resultaram em 25.961 hectares de área ardida, que correspondem a menos 68% de área ardida relativamente à média anual (79.947 hectares) do período 2011-2021 entre janeiro e agosto.

Os resultados daqueles dois indicadores confirmam a tendência de redução registada nos últimos quatros anos (ver anexo):

– 6.672 incêndios em 2021, 6.903 em 2020, 7.799 em 2019 e 8.525 incêndios em 2018;

– 25.961 hectares de área ardida em 2021, 38.735 em 2020, 28.516 em 2019 e 36.923 em 2018.

Quanto à dimensão dos incêndios rurais registados em 2021, importa salientar que 82% tiveram uma área ardida inferior a 1 hectare, registando-se 30 ocorrências com uma área ardida igual ou superior a 100 hectares – e apenas dois com área ardida igual ou superior a 1.000 hectares – que foram responsáveis por 56% (14.660 hectares) do total da área ardida desde o início do ano.

Número de incêndios rurais e extensão de área ardida em Portugal Continental, por ano, no período entre 1 de janeiro e 31 de agosto 

Incêndios rurais (n.º)  Área ardida total (ha) 
2011  17650  41448 
2012  19071  79858 
2013  16114  130393 
2014  7880  17481 
2015  16034  61118 
2016  10942  128515 
2017  14366  236485 
2018  8525  36923 
2019  7799  28516 
2020  6903  38735 
2021  6672  25961 

 Fonte: SGIF | Os dados relativos ao ano de 2021 são provisórios. 

Incêndios

Incêndio em Évora destrói dezenas de fardos de palha. (veja as imagens)

Reportagem TDS no local. Veja imagens.

Publicado

em

Foto e Vídeo: TDS (direitos reservados)

Incêndio em Évora

“Fardos de palha destruídos pelo fogo”

Um incêndio com início cerca das 15h30 destruiu mais de uma dezena de fardos de palha.

As chamas ameaçaram um rebanho de ovelhas, que estava preso junto ao local do incêndio,  valeu a chegada rápida dos bombeiros de Évora.

O incêndio localizou-se junto à Rua Horta da Capela paralela com a Avenida Lino de Carvalho, em Évora.

Os edifícios mais próximos nomeadamente a empresa Premetal nunca estiveram em risco.

No local estão 21 operacionais apoiados por 7 veículos.

Não são conhecidas as causas do incêndio.

Continuar a ler

Incêndios

25 concelhos em perigo máximo de incêndio.

Só Portalegre apresenta risco a sul.

Publicado

em

Perigo máximo de incêndio

Vinte e cinco concelhos de cinco distritos apresentam este sábado um perigo máximo de incêndio devido à previsão de tempo quente.

A informação é do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em perigo máximo de incêndio estão concelhos dos distritos de Bragança, Guarda, Vila Real, Viseu e Castelo Branco.

O IPMA colocou ainda mais de 40 concelhos dos distritos de Vila Real, Braga, Viseu, Guarda, Coimbra, Castelo Branco, Santarém e Portalegre em perigo muito elevado de incêndio.

Continuar a ler

Incêndios

Incêndio de Alcácer do Sal em fase de rescaldo

89 bombeiros estiveram no combate às chamas

Publicado

em

Incêndio em Alcácer do Sal

“Mais de 80 bombeiros no local”

Está já dominado e em fase de rescaldo o incêndio que se iniciou ao final da tarde de hoje em Alcácer do Sal.

No combate às chamas chegaram a estar 89 operacionais apoiados por 31 veículos terrestres e 3 meios aéreos.

O incêndio iniciou-se às 17h35.

 

Continuar a ler

ÚLTIMAS

Facebook

x
error: O conteúdo está protegido!!