Últimas:
Cuba contesta números da DGS – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

Cuba contesta números da DGS

Relatório da DGS, de 25 de janeiro, coloca o concelho com uma taxa de incidência de 6.224 casos por 100 mil habitantes

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Autarquia contesta números revelados no último relatório pela DGS

” relatório da DGS, de 25 de janeiro, coloca o concelho com uma taxa de incidência de 6.224 casos por 100 mil habitantes”

A Câmara de Cuba contesta os números da Direção-Geral de Saúde (DGS) sobre a incidência de covid-19 no concelho.

João Português, presidente da autarquia, refere existir grande disparidade com os números divulgados pela ARS Alentejo.

Em comunicado refere uma desatualização de oito dias no relatório de situação da DGS, de 25 de janeiro, que coloca o concelho com uma taxa de incidência de 6.224 casos por 100 mil habitantes, quando os dados fornecidos pela ARS Alentejo apontam para 4.875 casos nos últimos 14 dias.

A diferença, segundo o comunicado do presidente da câmara, João Português, explica-se com o facto de o relatório da DGS ser feito “com base em dados desatualizados em oito dias, ou seja, até ao passado dia 18”.

“Por isso, a autarquia não pode deixar de contestar a informação que continua a ser veiculada pela comunicação social, considerando que esta é pejorativa para a imagem do município e, acima de tudo, para a imagem e valor de todos os que trabalham diariamente para travar o avanço da doença no concelho”, é salientado no esclarecimento à população.

De acordo com o último boletim epidemiológico da DGS, divulgado na segunda-feira, o concelho de Cuba regista uma incidência de 6.224 casos por 100 mil habitantes. ( veja AQUI )

A última informação a autarquia dá conta de 242 casos activos de Covid 19 no concelho.

Saúde

Mais uma morte no Alentejo. Mais 20 no país.

Alentejo volta a registar uma morte

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Lisboa e Vale do Tejo tem mais casos e mais mortes

“Alentejo com mais uma morte

O boletim da Direção-Geral da Saúde, este sábado avança que a covid 19 fez mais uma vítima na região Alentejo.

A região norte ultrapassa ligeiramente Lisboa e Vale do Tejo em número de novos casos (1286 contra 1280), mas LVT continua a ter o maior número de casos em termos absolutos (371.891; o norte tem 368.640).

É também em Lisboa que se registam mais mortes (10). No norte, verificam-se sete óbitos.

Segue-se a região centro (302 casos e 1 morte), o Algarve (276 casos, 1 morte), Alentejo (151 e 1 morte), Açores (72 casos, sem mortes) e Madeira (29 casos, sem mortes).

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!