Últimas:
COVID-19: Montemor-o-Novo com ações de sensibilização aos trabalhadores – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Sociedade

COVID-19: Montemor-o-Novo com ações de sensibilização aos trabalhadores

Ações está já a decorrer junto dos trabalhadores

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

No âmbito do desconfinamento gradual do país, perante o desafio da pandemia e a importância de proteger os trabalhadores, a Câmara Municipal de Montemor-o-Novo alterou rotinas e implementou novas medidas de prevenção, proteção dos trabalhadores e combate ao SARS-CoV-2 no local de trabalho.

“Ações de Sensibilização aos trabalhadores no âmbito prevenção à exposição ao vírus SARS-CoV-2”

De forma a garantir a implementação destas medidas com sucesso, a Câmara Municipal está a desenvolver um conjunto de ações de sensibilização para a adoção de práticas seguras no local de trabalho.

Estão já a decorrer ações dirigidas aos trabalhadores do setor operacional que pretendem sensibilizar os trabalhadores para os riscos a que estão expostos, de acordo com cada função, bem como dar respostas ao “porquê?”, “como?” e “quando?” podem ser implementadas as medidas de prevenção, nomeadamente ao nível da Higienização pessoal e das mãos, da Etiqueta respiratória, do Distanciamento social, da Higienização e desinfeção dos locais e superfícies, da Auto monitorização de sintomas e da Proteção individual.

Estas ações têm como objetivo prevenir acidentes de trabalho/doenças profissionais, garantir o funcionamento da organização e a boa prestação de Serviço Publico.

Justiça

Juiz Ivo Rosa levanta arresto da propriedade da ex mulher de Sócrates, em Montemor o Novo.

Em causa o Monte das Margaridas propriedade de Sofia Fava.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Arresto levantado ao Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo.

” Operação Marquês “

No despacho instrutório, proferido na sexta-feira, o juiz Ivo Rosa ordenou o levantamento imediato do arresto de vários bens imóveis dos arguidos, designadamente o Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo, adquirido pela ex-mulher de Sócrates Sofia Fava.

“Tendo em conta a decisão de não pronúncia relativamente aos crimes ora em causa, quanto aos saldos bancários apreendidos e bens imóveis arrestados, verifica-se que não existem indícios que as quantias e bens imóveis em causa são produto dos crimes de corrupção passiva de titular de cargo político imputados ao arguido José Sócrates”, lê-se no despacho.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!