Siga-nos

Autarquias

COVID-19: Mas afinal que medidas tomou a Câmara de Évora ?

Saiba o que foi noticiado pelos serviços da autarquia eborense

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto: TDS (direitos reservados)

Com uma petição a decorrer e muitas críticas por parte dos moradores impõe-se perceber que medidas tomou Évora para atenuar os efeitos da COVID-19.

A informação enviada tem sido menos do que de pequenas câmaras por isso recorremos ao site da autarquia.

A Câmara divide as medidas em vários setores: Apoio Social, Cariz Económico e Tarifário e Apoios aos Funcionários.

Vamos por partes. 

Apoio Social. A autarquia refere a necessidade de criar respostas aos mais vulneráveis e refere mesmo o ‘apoio a compras de produtos essenciais’. Diz isto mas não diz como o faz nem refere contactos para que os idosos o consigam. Alarga de 90 para 120 dias a entrega de despesas de saúde no Cartão Social.

Refere o funcionamento de uma cantina escolar para garantir refeições e suspende os atendimentos presenciais. Diz que quer fazer o ‘ pagamento atempado de comparticipações’ aos idosos. Mas não explica como o vai fazer.

Apoio Económico e Tarifário. Mantém toda a atividade económica contratada.  Alarga prazos de pagamentos. Não diz para quando. Suspende a fiscalização do estacionamento. 

Outras medidas. Pagar aos estabelecimentos o tempo de inatividade das esplanadas. Manter o Complexo Desportivo aberto até às 21h00. Cancela o empréstimo de transportes e encerra o Ponto Jovem. 

Para os funcionários. A autarquia diz reforçar as medidas de proteção individual e coletiva dos trabalhadores. Mas não entra em pormenores de como o vai fazer. Suspende os atendimentos presenciais. Diz ainda querer reforçar os serviços públicos municipais com mais trabalhadores, equipamentos e recursos, incluindo a possibilidade de contratação externa. Nunca diz como o faz levantando muitas dúvidas a referida ‘contratação externa’.

Pinto Sá garante que a desinfeção dos espaços públicos é ‘deitar dinheiro para o lixo’. E refere que o Jardim Público e o Complexo Desportivo continuam abertos porque ‘ as pessoas precisam de espaços para descontrair’.

Ainda quanto à limpeza dos espaços públicos a autarquia emitiu a seguinte informação:

“Relativamente à desinfeção de espaços públicos e após contacto com a Autoridade de Saúde Distrital, a mesma informou que aguarda orientações da Direção-geral de Saúde, embora se considere que nesta fase a limpeza de espaços urbanos não constitui uma prioridade.
Reforçou a necessidade de limpeza de locais e superfícies onde possam permanecer pessoas, nomeadamente espaços internos, superfícies, puxadores de portas, entre outros, de acordo com as orientações da DGS em vigor, medidas implementadas no Município desde o momento em  que foram determinadas.
A Câmara Municipal continuará a acompanhar a evolução da situação em permanência e adotar as medidas necessárias, não poupando esforços quanto ao que tiver que ser feito para combater esta doença.”

É isto que a autarquia refere na informação que presta aos munícipes. Algumas destas medidas são ‘anuladas’ em parte ou na totalidade pelo Estado de Emergência em vigor.

COVID-19: Criada Petição para responsabilizar o presidente da câmara de Évora por falta de medidas preventivas.

Continuar a ler
Publicidade
1 Comentário

1
Deixe um comentário

avatar
700
1 Respostas ao comentários
0 Respostas
0 Seguidores
 
Comentários com mais reações
Comentários mais populares
1 Autores dos comentários
Ana Sara da Cruz Autores dos comentários mais recentes
mais recentes mais antigas mais votadas
Ana Sara da Cruz
Visitante
Ana Sara da Cruz

Que nojo! Que falta de vergonha na cara! Então mas…vale tudo? Responsabilizar o Presidente da Câmara, eleito pelos Eborenses, por uma pandemia? Eu sei que muita gente se serve da política para chafurdar na porcaria, onde se sente bem mas na política não vale tudo. HAJA DECÊNCIA!

Autarquias

Covid-19: Presidente da CME enaltece trabalho dos funcionários da Higiene

Carlos Pinto de Sá, visitou as instalações do Serviço de Higiene e Limpeza do Município.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto: CM Évora

O Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, visitou as instalações do Serviço de Higiene e Limpeza do Município, procurando com este ato agradecer publicamente o trabalho desenvolvido por estes trabalhadores.

Com este serviço a cumprir o Plano de Contingência delineado pela edilidade, em que 50 por cento dos operários estão em casa, de forma a garantir, em sistema de rotatividade, o funcionamento de tão importante função, Carlos Pinto de Sá dirigiu uma palavra a cada um dos funcionários presentes, agradecendo “em nome do Concelho, o empenho e o profissionalismo demonstrado”.

“Numa altura em que se apela a que as pessoas fiquem em casa, a vossa função implica fazer precisamente o oposto, o que deve merecer o reconhecimento de todos nós, daí a minha presença hoje, aqui, junto de vocês. Entendam a minha visita como um reconhecimento público, em nome do Concelho, da importância do vosso trabalho”, disse o edil eborense.

Carlos Pinto de Sá aproveitou ainda a oportunidade para apelar ao máximo respeito pelas indicações da Direção-Geral de Saúde no que ao distanciamento social diz respeito.

Continuar a ler

Mais vistas

Copyright © 2020 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com 917278022