Siga-nos

Economia

COVID 19 | EVORATECH já fez 800 viseiras e entrega mais 2 mil em breve.

Já entregaram mais de 800 viseiras de proteção individual, produzidas em apenas uma semana. Mais 2 mil unidades estarão prontas para entrega nos próximos dias.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Os técnicos do Fablab (Laboratório de Fabricação) da Évoratech, reconhecendo possuir a capacidade e os meios técnicos adequados, tomaram a iniciativa de produzir viseiras de proteção individual com o objetivo de equipar as diversas instituições que estão na linha da frente no combate à pandemia COVID 19.

Em destaque a recente entrega de mais de 800 viseiras de proteção individual, produzidas em apenas uma semana. Mais 2 mil unidades estarão prontas para entrega nos próximos dias.

Esta iniciativa já permitiu a entrega deste equipamento, a título gratuito, a hospitais, forças de segurança, serviços operacionais da Câmara Municipal, lares de idosos, bombeiros voluntários e unidades de saúde ao nível regional e nacional. 

O Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, visitou as instalações da EVORATECH, infraestrutura da Câmara Municipal de Évora gerida pela ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo. Carlos Pinto de Sá fez questão de transmitir pessoalmente o apoio da Autarquia à iniciativa da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Évora.

Na visita às instalações, o Presidente da CME congratulou os responsáveis, transmitindo em nome da Autarquia toda a disponibilidade para apoiar a iniciativa:

“A vossa ideia de produzir estas viseiras de proteção é um excelente exemplo de solidariedade e um importante contributo na luta que todos travamos contra esta pandemia”.

Daniel Janeiro, Coordenador do EVORATECH e João Marreiros, responsável pelo Fablab, referiram ter sido determinante o apoio em donativos recebidos por parte de empresas, nomeadamente na oferta de placas de acrílico, a matéria-prima base das viseiras de proteção.

“Já entregámos 800 viseiras em menos de uma semana graças às ofertas que recebemos, e ainda temos material para produzir mais 2 mil unidades nos próximos dias”, afirmaram estes responsáveis.

Economia

Exportações de mármore próximas dos 270 milhões de 2018.

Assimagra divulgou hoje resultados.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Exportações de pedra natural portuguesa

” Valores na ordem dos 270 milhões de euros “

As exportações de pedra natural portuguesa registadas este ano, até setembro, continuam abaixo dos valores de 2019, mas estão muito próximas dos 270 milhões de euros registados em 2018, revelou a Assimagra.

Em comunicado a Associação das Empresas Portuguesas de Recursos Minerais refere que 2019 foi um ano recorde, com o valor agregado de exportações a ultrapassar ligeiramente os 320 milhões de euros, mas considera que os valores deste ano refletem uma recuperação “muito positiva” face às “expectativas de quebra” no início da pandemia de covid-19.

O principal destino das exportações de pedra natural portuguesa continua a ser a Europa, com um total de exportações de 1,3 milhões de toneladas até setembro, a um preço médio de 201,23 euros por tonelada, refere ainda o documento.

Continuar a ler

error: Content is protected !!