Siga-nos

Autarquias

COVID-19: Évora com novas medidas de desconfinamento.

Conheça as alterações já em vigor

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto: TDS (direitos reservados)

“Município adapta medidas de segurança à nova fase de combate à pandemia”

Em consonância com as medidas de desconfinamento decretadas ao nível nacional com efeitos a partir de 1 de junho, e em resultado da tendência positiva dos índices de disseminação da COVID-19 que têm evoluído no sentido da diminuição do número de infetados no Concelho de Évora e na Região, a Câmara Municipal de Évora, por despacho do seu Presidente, Carlos Pinto de Sá, determinou as seguintes alterações às medidas de emergência municipal: 

1. As reuniões da Câmara Municipal de Évora voltarão a ser presenciais, contudo, a permanência de público só será admitida mediante marcação prévia. Devem manter-se as regras de higienização, etiqueta social e distanciamento definidos pela Lei e seguindo as orientações da Direção Geral de Saúde; 

2. Os serviços públicos municipais continuarão a funcionar com atendimento presencial apenas por agendamento prévio, mantendo-se em funcionamento os meios digitais e os centros de contacto com os cidadãos e as empresas; 

3. O Mercado de Levante ou Temporário de Évora irá regressar, embora sujeito a um Plano de Contingência que está a ser ultimado pelo Município. Este plano, que será aplicável a todas as outras feiras e mercados, incluirá a instituição de regras de entrada e saída diferenciada para os utentes e será acompanhado de ações de sensibilização dirigidas aos comerciantes e feirantes no que se refere à limpeza, gestão e separação quer dos resíduos comuns quer dos resíduos contaminados; 

4. A Câmara Municipal de Évora irá promover periodicamente ações de sensibilização e informação junto dos trabalhadores, e recorda que a crise ainda não está ultrapassada. Apela por isso ao reforço e manutenção do uso dos equipamentos e soluções distribuídas; 

5. Mantêm-se sem alterações as restantes medidas instituídas 

Autarquias

Autarca de Villanueva del Fresno continua a defender ‘isolamento das populações’

Autarcas da raia reuniram por teleconferência e não terá sido defendido o encerramento da fronteira de S.Leonardo.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Encerramento da fronteira de S.Leonardo, Mourão.

“Autarca de Villanueva defende isolamento das populações”

Os autarcas de Reguengos de Monsaraz, Mourão, Barrancos, Olivença, Villanueva del Fresno e Valencia del Mombuey reuniram por vídeo conferência.

Os autarcas defenderam a necessidade de uma melhor informação por parte das autoridades de saúde dos dois países.

“É por isso que vamos propor a criação de uma Comissão de Coordenação das autoridades de Saúde Pública dos nossos países que melhore a comunicação e coordenação da atuação perante possíveis casos de COVID nesta área”, referiu o autarca espanhol.

A proposta de encerramento da fronteira de S.Leonardo, defendida pelo autarca de Villanueva del Fresno, na última semana, não terá sido mencionada no encontro ‘virtual’ .

Numa mensagem assinada por Ramon Diaz Farias, autarca de Villanueva del Fresno, referiu que “…entendemos a preocupação dos nossos vizinhos com o que apoiamos qualquer decisão que as autoridades de saúde pública tomem, incluindo o isolamento das nossas populações.”, referiu.

Segundo vários autarcas a reunião terá decorrido ‘num clima de total cordialidade e concórdia.

Continuar a ler

Copyright © 2020 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com Publicidade site | rádio: 917278022

error: Content is protected !!