Siga-nos

Saúde

COVID-19: Dados do Alentejo. Listagem da região.

Listagem de casos registados em todo o Alentejo. Em Grândola os casos são 8 e não 3 como refere a DGS.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Dados a 29 de março, Domingo (3ª atualização)

Estes são casos conhecidos alguns deles ainda não confirmados pelas autoridades de saúde (DGS). São resultado do cruzamento de informações de várias fontes da TDS.

Todos os casos estão a ser acompanhados pelos respectivos serviços de saúde. Na maioria dos casos os doentes infectados estão a recuperar em casa.

  • Homem residente em Évora e que esteve no Irão em trabalho. Está em casa a recuperar. VEJA AQUI
  • Homem que esteve num país da Europa a trabalhar. Reside em Évora e é aqui que está nesta altura. Está a recuperar em casa. VEJA AQUI
  • Homem com idade entre os 30 e os 40 anos, que reside e trabalha em Évora, e que esteve numa Estância de Ski em Espanha de férias. Este homem esteve incluído num grupo de amigos e familiares de cerca de 40 pessoas. VEJA AQUI
  • Homem familiar do caso anterior e que esteve igualmente de férias em Espanha fazendo parte do grupo de 40 pessoas.
  • Mulher de 69 anos familiar de um dos casos anterior. VEJA AQUI
  • Mulher de 42 anos, empresária, residente em Sines e que esteve no Dubai/Emirados Árabes Unidos. A própria divulgou estar infectada com COVID 19. VEJA AQUI
  • 3 pessoas em Sines ( Dados da DGS)
  • 2 Mulheres em Grândola. (detectado a 14 de março)
  • 6 Homens residentes em Grândola. Cinco são de nacionalidade Colombiana. Várias pessoas que habitam o prédio (VEJA AQUI)em que reside estão em quarentena com obrigatoriedade de estar em casa. VEJA AQUI 
  • Homem, de 60 anos, construtor civil, em França, e que regressou a Portugal no último domingo. (caso importado) Reside em Almodôvar. Após contactar a Saúde 24 acabou por ir de forma isolada para o Hospital de Beja. VEJA AQUI
  • 1 Homem residente em Alcácer do Sal de nacionalidade francesa. (caso importado) Trabalhador no concelho.
  • Mulher , natural de Beja, que esteve recentemente na Argentina. Esteve a visitar uma feira agrícola com mais 45 pessoas incluindo o seu marido.
  • Homem de nacionalidade Indiana a viver em Cavaleiro, Odemira. Trata-se de um trabalhador agrícola. Mais 19 pessoas do grupo estão em quarentena obrigatória. VEJA AQUI
  • Mais 3 casos em Évora validados no Relatório da DGS. (5 já conhecidos + 3 agora validados. Total de 8)
  • 3 Casos em Reguengos de Monsaraz. (Confirmados pela autarquia) VEJA AQUI
  • 1 homem em Elvas de 61 anos. (Caso confirmado pela autarquia) VEJA AQUI
  • Mulher de 36 anos de nacionalidade brasileira. Detida com droga em Elvas. 16 militares da GNR de quarentena. VEJA AQUI
  • 4 pessoas em Évora (fonte DGS)
  • 3 casos em Santiago do Cacém (confirmados pela autarquia) VEJA AQUI
  • Menos 3 casos em Grândola. Passa a ter 3 contra os anteriores 6. Dados oficiais da DGS
  • Évora passa a ter 20 casos. Dados oficiais da DGS.
  • 3 casos em Santiago do Cacém. São agora 6 no concelho. (Dados confirmados pela autarquia)

Estes são casos identificados por várias fontes próximas do serviço de saúde e de autarquias mas não confirmadas oficialmente pela DGS. No site da DGS só são mencionados os concelhos com 3 ou mais casos.

(em actualização permanente)

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Saúde

Água das Termas de Cabeço de Vide ajudou a curar doentes COVID-19

Fernando Rocha terá sido um dos que se tratou com a água alentejana.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Dez pessoas infetadas com o novo coronavírus foram tratadas com água das Termas da Sulfúrea, em Cabeço de Vide, Fronteira, Portalegre, e acabaram por testar negativo, após o respectivo tratamento.

“O último caso foi o de um casal de Portalegre que testou negativo após 52 dias de positivo.”

O casal, de 36 e 34 anos, residente na cidade e com duas crianças, uma de sete anos e um menino de 15 meses, testou negativo, esta sexta-feira, após uma semana de tratamento com a água sulfurosa com particularidades muito específicas, e que já tinha sido alegadamente responsável pela cura do comediante Fernando Rocha.

Ao longo desses dias o tratamento do casal passou por ingerir uma quantidade de 10 mililitros de água em jejum e fazer aerossóis durante cerca de 15 minutos, duas a três vezes por dia.

O homem acrescenta mesmo: “Comecei a sentir diferença na respiração” logo ao início, com a “«libertação» da caixa torácica”.

Apesar de ser da região, reconhece que não conhecia as propriedades da famosa água termal: “Entrei em contacto e de imediato me disponibilizaram água”, pelo que é “acessível a qualquer pessoa”.

com JN

Continuar a ler

Copyright © 2020 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com Publicidade site | rádio: 917278022

error: Content is protected !!