Últimas:
Cáritas pede ajuda para matar a fome em Évora – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Sociedade

Cáritas pede ajuda para matar a fome em Évora

Presidente da Cáritas afirma que o encerramento de Centros de Dia atirou muita gente para a fome.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Entrevista de Luís Rodrigues ao Canal Saúde+ TV

O presidente da Cáritas de Évora afirma que “Os pedidos de ajuda subiram de tal forma que a instituição foi obrigada a fazer, também ela, vários apelos à entrega de donativos em género ou em dinheiro.”

Luís Rodrigues adianta que “O apoio domiciliário continua a garantir cuidados a cerca de 230 pessoas, mas é difícil proteger as equipas, perante a escassez de material.”

Declarações dadas via Skype ao Canal S+.

A Cáritas Diocesana de Évora está com dificuldade em responder a todos os pedidos de ajuda que lhe bateram à porta.

“O encerramento dos centros de dia e de instituições da cidade, que garantiam refeições à população carenciada, atirou muita gente para a fome”, adianta ainda nesta entrevista.

O presidente da Cáritas Diocesana de Évora, Luís Rodrigues, explicou ao Canal S+ que não tem capacidade para atender a todas as necessidades, resta, por isso, apelar aos donativos.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Justiça

Juiz Ivo Rosa levanta arresto da propriedade da ex mulher de Sócrates, em Montemor o Novo.

Em causa o Monte das Margaridas propriedade de Sofia Fava.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Arresto levantado ao Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo.

” Operação Marquês “

No despacho instrutório, proferido na sexta-feira, o juiz Ivo Rosa ordenou o levantamento imediato do arresto de vários bens imóveis dos arguidos, designadamente o Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo, adquirido pela ex-mulher de Sócrates Sofia Fava.

“Tendo em conta a decisão de não pronúncia relativamente aos crimes ora em causa, quanto aos saldos bancários apreendidos e bens imóveis arrestados, verifica-se que não existem indícios que as quantias e bens imóveis em causa são produto dos crimes de corrupção passiva de titular de cargo político imputados ao arguido José Sócrates”, lê-se no despacho.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!