Siga-nos

Política

Cordão humano exigiu a construção do novo hospital central do alentejo

Uma Petição exigindo a construção do novo hospital juntou mais de 4000 assinaturas, as quais foram entregues na Assembleia da República no passado dia 1 de Março.

Avatar

Publicado

em

Não basta anunciar é preciso concretizar. Foi esta palavra mais gritada, em Évora, no Cordão Humano promovido pelo PCP que ligou o Hospital do Patrocínio ao Hospital do Espírito Santo.

Entre as cerca de duas centenas de participantes estava o deputado do PCP João Oliveira, os Presidentes de Câmara da CDU e outros autarcas e diversos dirigentes sindicais que não escondiam as suas preocupações pelo atraso do Grupo Trabalho (GT) no processo para a construção do novo Hospital Central Público do Alentejo.

Grupo de Trabalho constituído pelo governo e que é coordenado pela Administração Regional de Saúde do Alentejo (ARS), e cujos atrasos podem colocar em causa a aprovação do concurso ainda nesta legislatura, o que a acontecer colocará em sério risco a concretização desta justa reivindicação dos alentejanos e das alentejanas.

Numa breve intervenção no final da iniciativa o deputado João Oliveira chamou a atenção exactamente para esta situação, afirmando que o PCP na Assembleia da República tem-se empenhado no acompanhamento de todo este trabalho e por isso tomou a iniciativa de chamar o GT à Comissão Parlamentar de Saúde, e dia 11 de Março, uma delegação do PCP teve uma reunião com a Administração do Hospital.

João Oliveira afirmou ainda que os que agora afirmam que não é preciso fazer nada pois já está garantido que a obra se vai concretizar, são os mesmos que no passado prometeram a obra, são os mesmos que anunciaram que a obra se iniciava nesta legislatura, são os mesmos que no passado, quando já estavam previstos fundos para a obra, não a concretizaram.

O deputado terminou fazendo um apelo a todos os presentes para que estejam vigilantes, porque a luta pelo novo Hospital Central Público do Alentejo não pode afrouxar e por isso a luta vai continuar e que podem contar com o Grupo Parlamentar do PCP, na acção e no apoio à luta da população na concretização do concurso antes de Outubro de 2019 porque só isso nos pode permitir ficar mais tranquilos, dado que não basta anunciar é preciso concretizar.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Política

Catarina Martins diz que ‘Portugal tem barragens a mais’. Declaração feita a 50kms da futura barragem do Pisão.

A líder do Bloco de Esquerda defendeu a ideia em Campomaior.

TDS noticias

Publicado

em

Catarina Martins não quer a construção de mais barragens em Portugal

A líder do bloco de esquerda, hoje de visita à Novadelta, em Campomaior, reafirmou que ‘o país tem barragens a mais’. Catarina Martins justifica a declaração e adianta que muitas barragens ‘ criam problemas de erosão costeira e de manter a água potável.’

Num distrito, Portalegre, em que a grande luta das últimas décadas tem sido pela construção da barragem do Pisão, a líder do bloco concluiu afirmando que, ‘…as barragens tem uma enorme superfície de água e tem perdas significativas’.

A declaração foi feita pela bloquista que veio reafirmar a sua posição já antes adiantada. Declarações a pouco mais de 50kms do local aonde vai nascer a futura barragem do Pisão, no concelho do Crato, uma velha reivindicação dos habitantes do distrito de Portalegre.

Oiça as declarações de Catarina Martins aos jornalistas em Campomaior.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Setembro 2019
S T Q Q S S D
« Ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul - Web Development by IDEIAS FRESCAS https://ideiasfrescas.com