Siga-nos

Autarquias

ETAR da Comporta avança com investimento de 3M€

Obra será executada pela Águas Públicas do Alentejo em cooperação com o Município de Alcácer do Sal. Tem como objetivo primário o de tratar os efluentes urbanos da Comporta.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Está assinada a consignação para a construção do sistema de condução de efluentes para a Estação

Teve lugar, no Auditório da Comporta, a assinatura da consignação da empreitada para a construção do Sistema Intercetor da Comporta.

O projeto para a construção da nova ETAR da Comporta, a executar pela Águas Públicas do Alentejo em cooperação com o Município de Alcácer do Sal, tem um investimento global na ordem dos 3 milhões de euros e um prazo de 275 dias previstos para execução, e tem o objetivo primário de tratar os efluentes urbanos da Comporta.

Além da Estação de Tratamento de Águas Residuais, o projeto compreende primeiramente a construção de um sistema intercetor para conduzir os efluentes gerados até à ETAR: uma extensão elevatória e pré-tratamento de efluentes, uma conduta elevatória com 1.7 quilómetros de extensão e um coletor gravítico com 83 metros.

A ETAR da Comporta vai dispor de tecnologia de ponta, com características das quais se destacam o armazenamento de lamas em contentor fechado e encerrado em sala, uma unidade de desodorização (para eliminação de odores) e a produção de água para reutilização como água de serviço.

A infraestrutura tem capacidade para uma população de 2.500 habitantes e capacidade de expansão para 10.000, e foi concebida para funcionar convenientemente tanto na época baixa, para os cerca de 500 ocupantes da aldeia, como na época alta, no verão, quando o número de habitantes dispara para 1500 ou 2000. Face à sensibilidade ambiental e paisagística da zona, a Estação vai ser instalada em localização adequada, numa zona de depressão a sul da EN253, junto ao cruzamento com a EN261.

No ato estiveram presentes, entre outros, o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, a vereadora Ana Soares, a presidente da Junta de Freguesia da Comporta, Deolinda Florêncio, e Francisco Narciso, presidente do Conselho de Administração da Águas Públicas do Alentejo.

A cerimónia contou ainda com um representante da empresa Ambiágua, responsável pela empreitada e de João Pedro Teixeira, advogado da Herdade da Comporta. Vai seguir-se, dentro de um mês, a consignação da construção da própria ETAR, à qual ficará ligado o novo intersetor e central elevatória.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Autarquias

Freguesia de Cano vai contar com novo Centro de Atividades Ocupacionais

O projeto foi apresentado pela autarquia em 2013 mas só agora vai ser uma realidade.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A freguesia de Cano, no concelho de Sousel, vai contar com um Centro de Atividades Ocupacionais, pretendendo dar resposta às necessidades de pessoas com deficiência, com idade igual ou superior a 16 anos.

Este projeto, apresentado pela autarquia em 2013, vai ser agora uma realidade, depois de uma estreita parceria entre o Município, a Associação Recreativa e Cultural de Sousel e a APPACDM de Portalegre.

O edifício do Jardim de Infância foi adaptado, de forma a acolher cerca de 9 utentes.

De acordo com o município, “aumentar a qualidade de vida dos indivíduos com necessidades especiais e fomentar a sua integração na sociedade são alguns dos objetivos a atingir com a concretização do CAO, na freguesia de Cano”.

O atual executivo tem ainda como objetivo a ampliação do espaço de forma a poder aumentar a oferta.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com 917278022