Siga-nos

Agricultura

Concurso de azeites da Ovibeja a receber amostras

A entrega dos prémios vai realizar-se durante a 37ª Ovibeja que vai decorrer de 29 de Abril a 3 de Maio.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Ovibeja já está a receber amostras para o 10º Concurso Internacional de Azeites Virgem Extra

O Secretariado do 10º Concurso Internacional de Azeites Virgem Extra – Prémio CA Ovibeja já está a receber amostras de azeites de vários países do mundo.

Podem ser apresentados a concurso azeites virgem extra provenientes de produtores individuais, de associações de produtores, de cooperativas e de empresas de embalamento devidamente registadas. Os azeites, nas categorias de Frutado Verde Intenso, Frutado Verde Médio, Frutado Verde Ligeiro e Frutado Maduro devem pertencer à campanha 2019/2020 e, por causa da diferença na época da apanha, os países do hemisfério sul podem apresentar os azeites da campanha de 2018/2019.

Os azeites a concurso devem ser entregues, até ao dia 20 de Março 2020, em embalagens fechadas, identificados apenas por um código, acompanhados dos resultados de uma análise química e de um certificado que comprove, através de análise sensorial, que a amostra é da categoria Azeite Virgem Extra.

Na prova final, os azeites a concurso são avaliados por um júri internacional para apurar o 1º, 2º e 3º prémios em cada categoria e menções honrosas para o 4º, 5º e 6º azeites mais pontuados. Os vencedores dos primeiros três lugares podem mencionar o prémio no rótulo de comercialização do respetivo azeite.

O júri do concurso conta anualmente com mais de 40 provadores, nacionais e de vários outros países produtores de azeite. O Presidente do Júri é José Gouveia, um dos mais importantes especialistas em azeites a nível mundial e professor no Instituto Superior de Agronomia de Lisboa. O Concurso, que recebe anualmente cerca de centena e meia de azeites, está classificado nos primeiros lugares do ranking internacional dos melhores concursos do mundo.

A organização do concurso é da responsabilidade da ACOS (Associação de Agricultores do Sul) em colaboração com a Casa do Azeite. O patrocínio é da exclusiva responsabilidade do Crédito Agrícola.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Agricultura

Petição Pública contra a expansão da agricultura intensiva

Petição é mais um ‘gesto’ das populações locais para travar o ‘mar de plástico’ na costa alentejana e algarvia.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Um grupo de cidadãos de Odemira e Aljezur lançaram a Petição Publica “O Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina não aguenta mais agricultura intensiva!”.

Esta Petição, que surge porque existe uma grande preocupação relativamente à expansão da agricultura intensiva naquele território, pede a revogação da Resolução de Conselho de Ministros 179/2019 que permite triplicar a área coberta de plástico que já existe no Parque e autorizar a colocação de contentores dentro das explorações agrícolas para mais trabalhadores emigrantes até 36.000 pessoas. 

Para os dinamizadores da Petição é insustentável que isso venha a acontecer dentro de um Parque, ainda, por cima com “os problemas sociais e ambientais que já existem e ainda estão por resolver”.

Veja AQUI a petição.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com 917278022