Siga-nos

Notícia TDS

Comércio encerra e população com medo de ‘Rave’ ilegal na Praia de Melides

Centenas de ‘hippies’ terão invadido esta sexta feira um estabelecimento comercial. GNR foi chamada ao local.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Populares dizem não compreender atitude ‘passiva’ da GNR

São centenas de campistas que ‘invadiram’ propriedades junto à praia de Melides. Os comerciantes encerraram os seus estabelecimentos com medo de roubos e de destruição dos seus bens.

Em declarações à TDS alguns frequentadores da zona falam em ‘coisa nunca vista’. Centenas de jovens aparentemente de estilo ‘hippie’ acamparam desde quarta feira na praia de Melides acompanhados com dezenas de cães. Fazem-se transportar em carrinhas e estacionaram em zonas não autorizadas pelos proprietários.

A TDS sabe que a GNR está a acompanhar a situação desde a primeira hora com a presença de patrulhas e de elementos disfarçados para evitar eventuais problemas.

Já nesta sexta feira um estabelecimento comercial terá sido ‘invadido’ e terá sido solicitada a presença da GNR o que aconteceu. Os ‘jovens’ afirmam ter autorização para a sua presença no local e chegaram mesmo a evocar documentos para a autorização da ‘rave’. A TDS sabe de fonte próxima das autoridades que os documentos já não tem validade e dizem respeito a uma outra realização que ali teve lugar a alguns anos.

A população e os comerciantes receiam por incidentes que possam vir a acontecer este fim de semana.

 

Continuar a ler
Publicidade
7 Comentários

7
Deixe um comentário

avatar
700
5 Respostas ao comentários
2 Respostas
0 Seguidores
 
Comentários com mais reações
Comentários mais populares
4 Autores dos comentários
Nao interessaRádio e Televisão do Sul | TDSsergioPaikea Yulunga Autores dos comentários mais recentes
mais recentes mais antigas mais votadas
Paikea Yulunga
Visitante
Paikea Yulunga

Vergonha!!!!! Sou moradora de Melides e quem escreveu este artigo devia de ter vergonha pelas mentiras divulgadas. Deviam sim de escrever sobre quem foi o causador do fogo, que acabou por causar pânico e medo com o intuito de acabar com uma festa legak a decorrer esse mesmo sitio. A xenofobia a crescer em Melides isso sim.

Rádio e Televisão do Sul | TDS
Visitante
A redação

O jornalista que escreveu o artigo baseou o texto nos factos. A rave é ilegal porque não foi legalizada. Os documentos apresentados estão fora de validade. Os comerciantes não só encerram os espaços como referem ter medo de os ter abertos. Quanto ao causador do fogo se souber quem foi deve denunciar as autoridades.
A redação

Nao interessa
Visitante
Nao interessa

Mas que comerciantes???????
Está tudo aberto…. vieram ao local confirmar???
Ou publicam noticias sem confirmar a veracidade da mesma??

Paikea Yulunga
Visitante
Paikea Yulunga

Vergonha

sergio
Visitante
sergio

O ano passado tive lá, fui gastei dinheiro nos cafes e restaurantes de melides eu e os meus amigos, não fizemos mal a ninguém este ano podia ser igual, mas não foi, acho que quem tem mais a perder é melides, deixem as pessoas divertirem-se, e se não houver condições criem-nas deixem de ser mentes fechadas

Nao interessa
Visitante
Nao interessa

Vejo tudo aberto, apenas um restaurante está encerrado, cujo proprietário é de uma tamanha arrogância e má educação com os clientes.
O evento é privado, não se trata de nenhuma rave ilegal.
A população havia de ter vergonha pois n há pessoas a causar qql tipo de problema no local.
Está tudo limpo.
Há eventos em todo o lado, não somos animais, somos seres humanos. Isto é preconceito.

Nao interessa
Visitante
Nao interessa

Mais uma vez os jornalistas a fazer sensacionalismo, não há notícias importantes ????
Corrigindo a notícia, comerciante encerrado ( singular) comerciantes (plural = mais que um)
Apenas um comerciante está encerrado, o mesmo que vos deve ter contactado

Notícia TDS

GNR de Évora com novo comandante (exclusivo)

Tomada de posse está agendada para 23 de dezembro.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto: GNR

É uma notícia TDS e já confirmada por fontes próximas do comando eborense.

O Coronel Joaquim Vivas será o novo comandante da GNR de Évora com a tomada de posse a estar já agendada para o próximo dia 23 deste mês.

O Tenente Coronel Vivas é atualmente Comandante Territorial de Portalegre, desde 25 de janeiro de 2017, funções que irá abandonar.

O novo comandante substitui o Tenente Coronel Joaquim Grenho que comanda a GNR de Évora desde 8 de outubro de 2018.

Os motivos para a sua saída estão a ser apresentados como ‘questões pessoais’ mas a TDS sabe que podem existir outras ‘questões’ a envolver o seu afastamento do cargo de Comandante Territorial de Évora.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Dezembro 2019
S T Q Q S S D
« Nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul