Siga-nos

Agricultura

Chuva está a chegar a todo o sul

Nalgumas localidades ja chove com intensidade

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Vamos ter dois dias de chuva

Uma extensa banda de precipitação começou já a entrar pelo sudoeste Alentejano e vai avançando ao longo do dia para o interior originando chuva.
No mapa regional de estações meteorológica pode ver a precipitação acumulada ao longo do dia atualizada em permanência AQUI
(Dados MeteoAlentejo)

Previsão

Períodos de céu muito nublado.
Possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos até final da manhã, que serão de neve acima de 1000/1200 metros.
A partir do início da tarde, o céu tornar-se-á muito nublado nas regiões Centro e Sul, onde ocorrerão períodos de chuva ou
aguaceiros, que serão de neve acima de 1000/1200 metros, descendo a cota para 800/1000 metros no final do dia.
Possibilidade de ocorrência de trovoada no Baixo Alentejo e Algarve a partir do meio da tarde.
Vento em geral fraco do quadrante leste, tornando-se moderado (20 a 35 km/h) nas regiões Norte e Centro a partir do início
da manhã, predominando do quadrante sul na região Sul até meio da tarde.
Nas terras altas, o vento soprará moderado a forte (30 a 45 km/h) do quadrante leste, por vezes com rajadas até 80 km/h, em especial nas regiões Norte e Centro.
Possibilidade de formação de neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais da região Sul.

Agricultura

Agricultores do Alentejo doam trigo, farinha e massa ao Banco Alimentar Contra a Fome

As cinco toneladas de alimentos doadas são fruto de um esforço conjunto dos agricultores e produtores do Alentejo, que ofereceram o trigo; da Germen, que o transformou em farinha, e da Cerealis, que ficou responsável pela produção da massa.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Os Cereais do Alentejo, a Germen e a Cerealis acabam de entregar à Rede de Emergência Alimentar, promovida pelo Banco Alimentar Contra a Fome, quatro toneladas de farinha e uma tonelada de massa produzidas a partir de trigo do Alentejo.

“Fileira dos cereais une-se no combate à fome”

Esta ação solidária – encabeçada pela Associação Nacional de Produtores de Proteaginosas, Oleaginosas e Cereais (ANPOC) – envolveu agricultores da região e o setor da transformação de cereais no combate à fome de quem perdeu recursos económicos e financeiros em tempo de pandemia.

“Apesar dos desafios que o setor agrícola enfrenta, não podíamos ficar indiferentes à crise provocada pela Covid-19, por isso, unimos a fileira dos cereais para garantir que não faltam alimentos básicos de produção nacional na mesa dos portugueses”, explica José Pereira Palha, Presidente da ANPOC.

Segundo José Pereira Palha, “a adesão dos agricultores e produtores do Alentejo e das transformadoras a esta iniciativa foi imediata e só mostra que a agricultura portuguesa continua a contribuir para o desenvolvimento económico nacional, mas também a promover a solidariedade”.

Com esta doação, os Cereais do Alentejo, a Germen e a Cerealis garantem a distribuição de massa e farinha de origem nacional a centenas de famílias carenciadas em todo o País. “Vivemos um tempo inédito, que nos obriga a ser inovadores na procura de soluções para combater a fome. Os agricultores e as transformadoras portugueses sempre nos ajudaram, mas estando também eles a enfrentar desafios, só podemos reforçar o nosso agradecimento por esta doação de trigo transformado em farinha e massa”, salienta Isabel Jonet, Presidente da Federação dos Bancos Alimentares Contra a Fome.

As cinco toneladas de alimento foram entregues, hoje, segunda-feira, ao Banco Alimentar Contra a Fome, em Lisboa, na presença de José Maria Rasquilha, Vice-Presidente da ANPOC, em representação da fileira dos cereais.

Continuar a ler

Copyright © 2020 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com Publicidade site | rádio: 917278022

error: Content is protected !!