Últimas:
Centro Interpretativo da Cidade de Évora vai abrir – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Artes

Centro Interpretativo da Cidade de Évora vai abrir

Poderá visitar a partir de 31 de julho

Ana Catarina Ventura

Publicado

em

Imagem: Câmara Municipal de Évora

Passei pela história da Cidade de Évora

“Foi inaugurado a 29 de junho”

Já a partir deste sábado, eborenses e turistas poderão visitar o Centro Interpretativo da Cidade de Évora, instalado no Palácio de D. Manuel.

Foi inaugurado no dia 29 de junho, Dia da Cidade de Évora, depois de uma intervenção que requalificou este monumento nacional. O Palácio de D. Manuel alberga o Centro Interpretativo da Cidade de Évora, além de uma sala de exposições temporárias e outra de conferências totalmente equipada. O Centro Interpretativo abre agora portas ao público, percorrendo 20 séculos de história que modelaram a cidade de Évora.

Procurou estruturar-se em torno de uma narrativa que permite apresentar ao visitante as razões pelas quais Évora foi considerada Património Cultural da Humanidade em 1986.

“Em termos expositivos, procurou-se (re)interpretar as diversas peças, as imagens analógicas e virtuais, as maquetas e as recriações expostas, cruzando-as com momentos históricos do país vivenciados em Évora, através de um trilho dramático e sonoro, onde a música, a poesia, relatos ou curtas ficções dramatizadas permitem estabelecer uma desejável ponte do espaço interpretativo para a cidade” pode ler-se no comunicado oficial.

No dia de abertura, tem lugar a conferência “Território e Memória(s). Vozes humanas para um amanhã de futuro”, proferida pela Professora Catedrática da Universidade de Évora, Fátima Nunes, bem como uma visita comentada ao Centro Interpretativo, guiada pela Doutora Cármen Almeida.

O Centro interpretativo pode ser visitado de terça-feira a sábado, entre as 09h30 e 12h30 e entre as 14h00 e as 18h00.

Artes

Biblioteca e Arquivo de Grândola nomeados para prémios europeus

Cerimónias finais serão a 12 de novembro, abril e maio de 2022.

Ana Catarina Ventura

Publicado

em

Imagem: Câmara Municipal de Grândola

Portugal “luta” com mais 41 países

“Concursos contemplam arquitéturas”

A nova Biblioteca e Arquivo do Município de Grândola, um projeto dos arquitetos Matos Gameiro e Pedro Domingos, está nomeada para dois dos mais importantes Prémios Europeus de Arquitetura:  o European Union Prize for Contemporary Architecture – Mies van der Rohe Award e o BigMat International Architecture Award ‘ 21.

Para o European Union Prize for Contemporary Architecture – Mies van der Rohe Award, a nomeação junta-se a outras 531 obras de 41 países diferentes. Os vencedores serão anunciados em abril e a entrega de prémios terá lugar em maio de 2022.

O edifício da Biblioteca e Arquivo de Grândola foi igualmente selecionado para representar o melhor da arquitetura no nosso país no BigMat International Architecture Award ‘ 21, a par de projetos da Bélgica, República Checa, França, Itália, Eslováquia e Espanha. A cerimónia final terá lugar no dia 12 de novembro de 2021.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!