Últimas:
Cemitérios abertos em Montemor o Novo mas só podem estar 2 pessoas junto a campa. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Sociedade

Cemitérios abertos em Montemor o Novo mas só podem estar 2 pessoas junto a campa.

Permanência deverá ser de 30 minutos no máximo

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Cemitério Municipal de Montemor o Novo

“31 de outubro e 1 de novembro de 2020”

Por forma a garantir uma melhor proteção da saúde pública e a salvaguarda da segurança da população, de forma a mitigar o contágio e a propagação do vírus SARS-CoV-2 e da doença COVID-19, devem ser observadas as seguintes regras excecionais de acesso e permanência no cemitério municipal:

  • É obrigatória a utilização de máscara no interior do cemitério;
  • O arranjo de cada campa deverá ser realizado por 2 pessoas no máximo;
  • É obrigatório manter a distância física 2 metros e cumprir as regras de etiqueta respiratória;
  • A circulação nos arruamentos deve fazer-se pelo lado direito;
  • É proibido partilhar materiais de limpeza (vassouras, baldes, etc.), sendo que cada pessoa deverá utilizar os seus;
  • Permanência no local será pelo tempo estritamente necessário, com a duração máxima de 30 minutos;
  • São proibidos ajuntamentos de pessoas no interior do cemitério.

Justiça

Juiz Ivo Rosa levanta arresto da propriedade da ex mulher de Sócrates, em Montemor o Novo.

Em causa o Monte das Margaridas propriedade de Sofia Fava.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Arresto levantado ao Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo.

” Operação Marquês “

No despacho instrutório, proferido na sexta-feira, o juiz Ivo Rosa ordenou o levantamento imediato do arresto de vários bens imóveis dos arguidos, designadamente o Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo, adquirido pela ex-mulher de Sócrates Sofia Fava.

“Tendo em conta a decisão de não pronúncia relativamente aos crimes ora em causa, quanto aos saldos bancários apreendidos e bens imóveis arrestados, verifica-se que não existem indícios que as quantias e bens imóveis em causa são produto dos crimes de corrupção passiva de titular de cargo político imputados ao arguido José Sócrates”, lê-se no despacho.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!