Últimas:
Caudal do Rio Guadiana já normalizou em Mértola – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Agricultura

Caudal do Rio Guadiana já normalizou em Mértola

Nos últimos dias água transbordou das margens

Fotos: TDS
Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Caudal voltou ao normal

“Ontem o rio transbordou as margens”

O rio guadiana voltou hoje ao seu caudal habitual, nesta altura do ano.

Ontem na zona de Mértola o grande rio do sul transbordou alagando campos para além das margens.

A zona do Pulo do Lobo subiu cerca de 20metros.

O caudal do rio teve um crescimento significativo.

Passou dos 27 para os 103 metros cúbicos por segundo.

As fotos da TDS foram tiradas ao final da manhã deste domingo.

Agricultura

Quercus e GNR falam em abate ilegal de 3 mil árvores em Monforte.

Veja as declarações do dirigente da Quercus.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

ICNF ordenou a paragem imediata dos trabalhos de limpeza na herdade de Monforte

“3 mil árvores abatidas em Monforte”

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas ordenou “a paragem imediata” dos trabalhos de limpeza na herdade de Monforte que abateu azinheiras.

O ICNF foi informado pelo Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente da GNR sobre a identificação do abate de azinheiras.

A Direção Regional de Conservação da Natureza e Florestas do Alentejo esteve igualmente no local e testemunhou o abate de azinheiras jovens por excesso de densidade, sem autorização, realização de podas de formação e podas de manutenção executadas de forma excessiva”.

Entretanto a Quercus solicitou ao Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente da GNR, para fiscalizar com regularidade no sentido de impedir a continuação do corte de azinheiras, assim com das podas abusivas.

A Quercus exige que sejam apuradas responsabilidades sobre a poda e corte ilegal de azinheiras, relembrando que fica proibida a alteração do uso do solo durante 25 anos, o estabelecimento de quaisquer novas atividades, designadamente agrícolas, industriais ou turísticas, conforme legislação aplicável.

Veja as declarações de José Janela da Quercus.

Continuar a ler

x
error: Content is protected !!