Siga-nos

Crime

Campo da Silveirinha do Lusitano SAD volta a ser vandalizado

Complexo serviu para o estágio da selecção nacional de futebol em 2006 mas nunca foi utilizado de forma regular pelo Lusitano de Évora

Avatar

Publicado

em

O Campo da Silveirinha, da responsabilidade do Lusitano SAD, voltou a ser vandalizado na última noite. Depois da casa de banho para utentes com mobilidade reduzida ter sido destruída a algum tempo agora foi a vez  da casa de banho das senhoras e dos homens(ver imagens).

A porta de acesso ao espaço foi igualmente forçado provocando danos elevados para o clube eborense.

No local esteve uma brigada da PSP de Évora para recolher os indícios que poderão levar aos responsáveis pelo roubo e destruição.

O clube apresentou queixa na PSP contra desconhecidos.

Em publicação no facebook oficial do Lusitano SAD os responsáveis afirmam que ‘ confiamos nas autoridades para identificar os autores rapidamente’.

O Lusitano SAD tem vindo a valorizar o espaço tentando inverter o estado de abandono dos últimos anos.

O Lusitano SAD lidera, isolado, o Campeonato maior do distrito de Évora tendo como objectivo a subida aos campeonatos nacionais de futebol.

O projecto do complexo desportivo da Herdade da Silveirinha foi da iniciativa de uma empresa privada, da qual o Lusitano de Évora é(ou era) sócio, e envolvia, além da valência desportiva, outros equipamentos sociais e turísticos.

O complexo serviu para o estágio da selecção nacional de futebol, antiga equipa de Scolari, em 2006.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Crime

100 quilos de Lapas apreendidas em Sines

As lapas, por se encontrarem em boas condições de sobrevivência, foram devolvidas ao habitat natural.

TDS noticias

Publicado

em

A Unidade de Controlo Costeiro, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Sines, apreendeu 100 quilos de lapas, com o valor estimado de 500 euros, no concelho de Sines.

Na sequência de uma ação de fiscalização dirigida ao transporte de pescado realizada no parque de estacionamento da Praia de Morgavel, os militares detetaram um indivíduo a apanhar marisco e abordaram-no no local onde se encontrava, sendo que já tinha 100 quilos de lapas na sua posse.

A pesca de lapas está sujeita a uma proibição temporária, correspondendo a uma infração cuja coima pode chegar aos 2 250 euros. O mariscador, de 57 anos, foi identificado, e foi elaborado um auto de contraordenação.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Setembro 2019
S T Q Q S S D
« Ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul - Web Development by IDEIAS FRESCAS https://ideiasfrescas.com