Últimas:
Campanha “É sexta-feira! Vamos Falar” em Palmela – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

Campanha “É sexta-feira! Vamos Falar” em Palmela

Ação realiza-se nos dias 17 e 24 de setembro

Ana Catarina Ventura

Publicado

em

Imagem: Câmara Municipal de Palmela

Campanha aborda saúde mental das crianças, jovens e família.

“Plataformas digitais do município serão usadas para partilhas informações sobre a saúde mental”

Até ao final do ano, nas duas últimas sextas-feiras de cada mês, a Câmara Municipal de Palmela irá divulgar, nas suas redes sociais, conteúdos e materiais audiovisuais/informativos (filmes, entrevistas, testemunhos, sinapses) de promoção da literacia.

Este mês, nos dias 17 e 24 – no início do novo ano letivo, estará em foco a saúde mental das crianças, jovens e família.

O compromisso de “Palmela Cidade Educadora e Saudável” com o direito à saúde mental, central no desenvolvimento das crianças e jovens e condição essencial para uma aprendizagem bem-sucedida, sublinha a necessidade de sensibilizar para a importância de partilhar, de escutar, de estar atento às emoções e comportamentos dos mais jovens em diferentes contextos.

Esta preocupação ganha particular pertinência, no quadro prolongado de alteração de rotinas imposto pela pandemia COVID -19, com impactos no agravamento de algumas situações de mal-estar psicológico, tristeza, stresse sentidos de igual modo, na infância e juventude.

Saúde

Barrancos, o concelho do país com risco mais elevado.

Covid 19

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Barrancos

“Risco extremamente elevado”

Barrancos é agora o único concelho do país em risco extremamente elevado de Covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O concelho alentejano regista uma incidência cumulativa a duas semanas de 1.171 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes.

Portugal tem sete concelhos com risco muito elevado, ou seja, entre 480 e 959,9 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

Concelhos com risco muito elevado:

Albufeira (489), Alcoutim (674), Celorico da Beira (519), Penela (594), Póvoa de Lanhoso (489), São Brás de Alportel (501) e Vidigueira (566).

Concelhos em risco elevado:

Aljustrel, Amares, Beja, Boticas, Cabeceiras de Basto, Covilhã, Fafe, Lagoa (Algarve), Lagos, Loulé, Monchique, Montalegre, Portel, Portimão, Rio Maior, Serpa, Silves, Valpaços e Vila Nova de Foz Côa.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!