Siga-nos

Autarquias

Câmara de Alcácer do Sal distinguida pela qualidade da água para consumo

Distinção será entregue no próximo dia 10 de dezembro em Lisboa

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A “qualidade exemplar da água para consumo humano” do concelho de Alcácer do Sal foi distinguida pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos – ERSAR com a atribuição de um selo de qualidade.

A distinção será atribuída ao Município no próximo dia 10 de dezembro, em Lisboa, no âmbito da 14ª Expo Conferência da Água.

Esta iniciativa da ERSAR, realizada em parceria com o Jornal Água&Ambiente, pretende evidenciar a prestação de serviços de abastecimento público de água que, no último ano de avaliação regulatória, tenham assegurado uma qualidade exemplar de água para consumo humano, nomeadamente verificando cumulativamente todos os critérios previstos no regulamento.

Indicadores como água segura, perdas reais de água, ocorrência de falhas no abastecimento, reciclagem de resíduos de recolha seletiva, resposta a reclamações e cobertura de gastos foram alguns dos parâmetros avaliados.

A categoria “Selo de qualidade exemplar da água para consumo humano” distinguiu 59 outras entidades gestoras que prestam serviços de abastecimento público de água e saneamento de águas residuais e urbanas.

Em comunicado a autarquia realça “Os funcionários da Câmara Municipal de Alcácer do Sal que com o seu esforço diário garantem a prestação do melhor serviço às populações no que à água de consumo diz respeito estão assim de parabéns por terem contribuído para a obtenção deste honroso resultado para o Município.”

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Autarquias

Gabinete Técnico Florestal de Montemor-o-Novo a funcionar.

Autarquia recebe valor superior a 13 mil € para manter o gabinete em funcionamento.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O apoio ao funcionamento do Gabinete Técnico Florestal (GTF) insere-se no eixo de intervenção “Defesa da floresta Contra incêndios e agentes abióticos” sendo financiado pelo Fundo Florestal Permanente – Apoio ao funcionamento dos GTF (GTF).

A Lei n.º 20/2009, de 12 de maio estabelece a transferência de atribuições para os municípios em matéria de constituição e funcionamento dos GTF e determina que são transferidas, anualmente, para os municípios as dotações inscritas do FFP, mediante o cumprimento de alguns requisitos, nomeadamente, os GTF se mantenham operacionais em 2019, o Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios esteja aprovado e em vigor, o Plano Operacional Municipal esteja aprovado e em vigor, as ações de gestão de combustível estejam cumpridas e registadas numa plataforma do ICNF, entre outras ações desenvolvidas no âmbito da Defesa da Floresta Contra Incêndios.

Tendo em conta que o Município de Montemor-o-Novo apresentou, em 2019, a referida candidatura e que cumpre todos os requisitos acima descritos, a mesma obteve aprovação, recebeu no final de 2019, o montante de 13.937,14€ (treze mil novecentos e trinta e sete euros e catorze cêntimos) para o funcionamento do GTF.

Com este apoio, os principais objetivos do ICNF, I.P.  são os de apoiar, de forma integrada, a estratégia de planeamento e gestão florestal, a viabilização de modelos sustentáveis de silvicultura e de ações de reestruturação fundiária, as ações de prevenção dos fogos florestais, a valorização e promoção das funções ecológicas, sociais e culturais dos espaços florestais, a as ações específicas de investigação aplicada, demostração e experimentação.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com 917278022