Últimas:
Câmara de Setúbal e Junta do Sado visitam estabelecimentos de ensino – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos

Autarquias

Câmara de Setúbal e Junta do Sado visitam estabelecimentos de ensino

A autarca visitou as três escolas do 1.º ciclo da freguesia do Sado, uma delas com jardim de infância, abrangidas pela transferência de competências da Câmara Municipal para a Junta de Freguesia no que diz respeito à manutenção dos edifícios e espaços exteriores.

Publicado

em

Câmara e Junta do Sado visitam estabelecimentos de ensino na freguesia

A vice-presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Carla Guerreiro, assinalou, a 21 de outubro, a boa conservação e manutenção efetuada pelas Juntas de Freguesia nos edifícios e equipamentos nas escolas do 1º ciclo do ensino básico do concelho.

A autarca visitou as três escolas do 1.º ciclo da freguesia do Sado, uma delas com jardim de infância, abrangidas pela transferência de competências da Câmara Municipal para a Junta de Freguesia no que diz respeito à manutenção dos edifícios e espaços exteriores.

No âmbito de uma ronda de visitas pelos estabelecimentos de ensino do concelho, Carla Guerreiro esteve na freguesia do Sado acompanhada da presidente da junta, Marlene Caetano, e do diretor do Agrupamento de Escolas Ordem de Sant’Iago, Pedro Florêncio.

“Com muita felicidade, e isso também se deve ao grande trabalho que as juntas de freguesia fazem, nas nossas visitas verificámos que não há problemas de maior dentro das salas, nem problemas nos edifícios. Há sim, ações de manutenção e conservação que são feitas regularmente. Antigamente, chegávamos a uma escola e não era bem assim”, congratulou-se Carla Guerreiro.

A autarca sublinhou que, agora, “quando há certo tipo de problemas que estão resolvidos”, outros são levantados, o que “é bom”, porque significa que as populações “têm exigência”.

No que diz respeito em concreto às três escolas do 1.º ciclo situadas no Faralhão, considerou que a intenção é, genericamente, ver “qual o futuro dos espaços exteriores”, embora na escola básica e jardim de infância também haja “outras questões a tratar, que têm a ver com a parte exterior do edifício, que precisa de melhoramentos”.

Relativamente àquele estabelecimento de ensino, está a ser equacionado que tipo de equipamento lúdico deve ser colocado no pátio, depois de ter sido retirado o que lá se encontrava.

“Antigamente só se punham escorregas, mas pensamos que possa haver outro tipo de equipamentos que pedagogicamente sejam mais adequados. Se calhar o jardim de infância até beneficia do escorrega, mas as outras crianças já não. É uma questão que vamos abordar durante o ano e até fizemos uma reunião com os pais, onde tratámos desse assunto”, adiantou.

Sobre a EB n.º 1 do Faralhão, também conhecida como da Ponte Seca, Carla Guerreiro afirmou que se trata de “uma escola pequena, quase familiar”, a qual “só precisa de pequenas coisas”, como o “enchimento da caixa de areia” localizada no pátio frontal e melhoramentos no campo de jogos, onde os alunos praticam patinagem nas atividades extracurriculares, “para que possa ser utilizado na prática da Educação Física”.

A presidente da Junta de Freguesia do Sado afirmou que a preocupação atual é perceber, “em conjunto com a Câmara Municipal”, como “estruturar os espaços exteriores” das três escolas, pois nos edifícios “não há grandes problemas”, a não ser “coisas de desgaste que se vão estragando” – autoclismos, chaves de cacifos e fechaduras –, além das pinturas e lavagens de paredes que devem ser feitas “com alguma regularidade”.

Ao referir que os espaços verdes das escolas também são uma prioridade, Marlene Caetano defendeu que se deve pensar “em conjunto com as próprias escolas e com as crianças” qual o formato a dar às áreas exteriores destinadas aos alunos.

Autarquias

Grandola quer novo posto para a GNR

Câmara e o Ministério assinaram protocolo para a construção de um novo quartel da GNR em terrenos municipais.

Publicado

em

Câmara de Grândola

Pretende melhores condições de trabalho para os militares da GNR

A Câmara Municipal de Grândola continua  empenhada em garantir melhores condições de trabalho para os militares da GNR que desempenham as suas funções no Concelho.

O Presidente da Câmara, António Figueira Mendes, reuniu no passado mês de outubro com a Secretária de Estado da Administração Interna, Isabel Oneto, para desbloquear os processos de requalificação das instalações do destacamento territorial de Grândola, e de utilização provisória das instalações da IP junto ao IC1 – visto que o atual quartel da GNR já não garante as mínimas condições de trabalho.

A reunião deu origem a um novo protocolo, aprovado na passada quinta-feira em reunião de Câmara, que visa a colaboração entre a Câmara e o Ministério para a construção de um novo quartel da GNR em terrenos municipais. A autarquia será também responsável pelo projeto e pela execução da obra, ficando os encargos financeiros a cargo do Ministério.

Na passada sexta-feira realizou-se no edifício dos Paços do Concelho a assinatura do protocolo entre a GNR e as Infraestruturas de Portugal para que as instalações da IP junto ao IC1 possam ser utilizadas provisoriamente até à conclusão das obras do novo quartel. Uma solução apontada pela autarquia há vários anos.

Sobre estes desenvolvimentos o Presidente da Câmara referiu que “Demos dois importantes passos neste processo, que tem sido difícil e complexo. Desde que tomámos posse em outubro de 2013 que temos insistido com o Ministério da Administração Interna para a urgência em resolver esta situação. Já conseguimos uma solução provisória e em breve alcançaremos uma solução definitiva – com a construção do novo quartel para o destacamento territorial de Grândola da GNR.” António Figueira Mendes referiu ainda que “também continuamos empenhados em conseguir que o Posto da GNR em Melides se concretize – mesmo que funcione numa primeira fase de forma sazonal.”

Continuar a ler

Autarquias

Monumento ao cante inaugurado em Odemira

Com a presença do Ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva, e do Presidente da Câmara, Hélder Guerreiro.

Publicado

em

Odemira

Monumento ao cante

A inauguração do Monumento ao Cante Alentejano, em Odemira, está agendada para o dia 27 de novembro, pelas 10.30 horas, na Quinta da Estrela, numa cerimónia que contará com a presença do Ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva, e do Presidente da Câmara, Hélder Guerreiro.

 Esta iniciativa acontece, simbolicamente, no dia em que o Cante Coral Alentejano foi classificado pela UNESCO como Património Cultural Imaterial da Humanidade (em 2014).

Através deste monumento, da autoria do escultor Fernando Fonseca e cuja execução esteve a cargo da empresa Gate7, o Município de Odemira presta homenagem ao Cante Alentejano e aos seus intérpretes, perpetuando a sua memória e incentivando as novas gerações a manterem viva esta prática expressiva tradicional.

A escultura consiste num grupo coral de dimensões monumentais que não deixará ninguém indiferente, com 12,5 metros de comprimento, 6 metros de altura e mais de 14 toneladas de peso.

A cerimónia de inauguração será vivida em ambiente de festa e contará com as participações dos Grupos Corais de Odemira, São Luís, Vila Nova de Milfontes, Vozes Femininas de Amoreiras-Gare, Os Ganhões de Castro Verde, o Rancho de Cantadores de Aldeia Nova de São Bento e o Grupo Coral Infantil de Odemira Cá se Canta.

O programa contará com a inauguração da exposição de fotografia “Cante – Alma do Alentejo”, da autoria da fotojornalista Ana Baião, e cedida pelo Museu do Cante Alentejano / Município de Serpa, patente ao público junto à Casa do Povo de Odemira.

Este momento será aberto à comunidade e terminará com um almoço-convívio, no Jardim Ribeirinho do Mira, a partir das 12.30 horas.

Continuar a ler

Autarquias

Reparação na Bancada do Estádio Municipal, em Portalegre

A Câmara Municipal de Portalegre tem vindo a investir na modernização e beneficiação das infraestruturas desportivas

Publicado

em

Por

Reparação na Bancada do Estádio Municipal Professor Eduardo Sousa Lima

Assinado o auto de consignação da empreitada

 Decorreu a 16 de novembro de 2022 a assinatura do Auto Consignação da empreitada da Reparação na Bancada do Estádio Municipal Professor Eduardo Sousa Lima, entre a Presidente da Câmara Municipal de Portalegre, Fermelinda Pombo Carvalho e o representante da MJBP, Manuel Parente.

Com um prazo de execução de 60 dias e um investimento previsto de 15 107,86 € (a que acresce IVA à taxa legal em vigor), esta intervenção pretende eliminar as infiltrações que se verificam na laje do teto dos balneários através do tratamento de todas as juntas de ligação entre os elementos pré fabricados de betão que constituem os degraus da bancada do Estádio Municipal Sousa Lima (no Bairro dos Assentos), incluindo a junta de dilatação existente ao meio da bancada e a laje do passadiço existente na cota inferior dessa mesma bancada.

A Câmara Municipal de Portalegre tem vindo a investir na modernização e beneficiação das infraestruturas desportivas, na perspetiva de assegurar melhores condições de exercício para os praticantes das diferentes modalidades, garantir o cumprimento dos requisitos de segurança necessários e com o objetivo de manter os equipamentos em bom estado de conservação.

Continuar a ler

ÚLTIMAS

Facebook

x
error: O conteúdo está protegido!!