Siga-nos

Sociedade

Câmara de Évora diz que paraquedismo não atrasa helicópteros no aeródromo de Évora.

Autarquia desmente dificuldades na coabitação entre meios no aeródromo de Évora

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Paraquedismo não atrasa voos de helicópteros em Évora

Autarquia emite comunicado, não assinado, após várias queixas

A nota refere que “há mais de nove anos, data a partir da qual o meio aéreo de combate a incêndios está estacionado nesta infraestrutura municipal, que os procedimentos estão definidos e aprovados quanto às saídas prioritárias, existindo um contacto permanente entre a torre de informação de voo do aeródromo e todas as aeronaves”.

A posição da câmara de Évora vem na sequência de notícias sobre as dificuldades de coabitação de meios. Veja AQUI

E adianta, “Existe, como tem existindo sempre, uma excelente coordenação entre o diverso tráfego de aeronaves que utilizam o Aeródromo Municipal de Évora e o meio aéreo de combate a incêndios, fruto da enorme responsabilidade e profissionalismo de todos os que utilizam e gerem esta infraestrutura”.

Relativamente ao incidente com um paraquedista a nota esclarece que “tal sucedeu com a aeronave parqueada, sem esta estar em operação”, conclui.

A pista de Évora foi referida como a que levanta mais preocupações, já que ali funcionam serviços de saltos, hélis para combate aos fogos, aeronaves de emergência médica em conjunto com órgãos da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro, além de ter um tanque de combustível para abastecimento.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Sociedade

Vão ser plantados 2.000 sobreiros em Alcácer do Sal

No próximo sábado, dia 23 de novembro, a partir das 10h, na Herdade Castelo de Arez, propriedade da Santa Casa da Misericórdia de Alcácer do Sal

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Quercus e Corticeira Amorim juntas na plantação de 2000 sobreiros em Alcácer do Sal

Desde 2001, os colaboradores já participaram na plantação de mais de 20 mil árvores autóctones

Mais de 100 voluntários da Corticeira Amorim juntam-se a representantes da Quercus para a plantação de cerca de 2000 sobreiros, no próximo sábado, dia 23 de novembro, a partir das 10h. A iniciativa será realizada na Herdade Castelo de Arez, em Alcácer do Sal, propriedade da Santa Casa da Misericórdia desta região.

Desde 2011 que os voluntários da Corticeira Amorim colaboram nesta iniciativa associada ao Green Cork, tendo contribuído para a plantação em Portugal de mais de 20 000 árvores autóctones, com especial preponderância de sobreiros.

O Alentejo volta a ser a região visada para a plantação de sobreiros, de modo a reforçar a mancha de florestas de sobro nesta área geográfica do país.

A plantação é apoiada, então, pelo projeto Green Cork, da Quercus, do qual a Corticeira Amorim é parceira, desde a sua génese, através do programa de reciclagem de rolhas Green Cork, que reverte para o financiamento da preservação da floresta autóctone portuguesa.

Neste âmbito, a Missão Continente, a Quercus e a Corticeira Amorim voltaram a lançar este ano a campanha de recolha de rolhas distribuindo 500.000 “rolhinhas” pelos clientes das lojas Continente. Uma iniciativa, cujos objetivos são incentivar a reciclagem da cortiça e contribuir para a reflorestação em Portugal, que já permitiu a recolha de cerca de 84 milhões de rolhas desde 2008.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Novembro 2019
S T Q Q S S D
« Out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul