Últimas:
Bombeiros na resposta à pandemia. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Sociedade

Bombeiros na resposta à pandemia.

O pagamento corresponde a um valor mensal de cerca de 1,3 milhões de euros.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Cerca de 500 equipas especializadas nos Bombeiros Voluntários reforçam resposta à pandemia.

“… equipas especializadas nos corpos de bombeiros voluntários

Todos os distritos do território continental contam já com equipas especializadas nos corpos de bombeiros voluntários, num total de 496 equipas que estão a reforçar as operações de apoio na área da saúde pública e a resposta à pandemia da doença COVID-19.

Estas equipas estão a ser criadas na sequência de um despacho da Secretária de Estado da Administração Interna, do passado mês de novembro, e intervêm no apoio, socorro e transporte de doentes, através da afetação permanente de uma ambulância de socorro e respetiva tripulação, 24 horas por dia e 7 dias por semana.

O Decreto que regulamentou o Estado de Emergência, de 14 de janeiro, veio também determinar a operacionalização deste dispositivo permanente, alargando a sua atuação à assistência às operações no âmbito do plano de vacinação contra a COVID -19.

Na Região Norte estão criadas 135 equipas especializadas, na Região Centro 169 equipas, na Região de Lisboa e Vale do Tejo 108 equipas, no Alentejo 63 equipas e no Algarve 21 equipas.

Esta medida implica o pagamento, às Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários (AHBV), de um valor diário de 85 euros por cada veículo, suportado pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

O pagamento corresponde a um valor mensal de cerca de 1,3 milhões de euros.

O Ministério da Administração Interna reforça assim, através da criação destas equipas especializadas, a resposta operacional dos corpos de bombeiros perante o agravamento da situação epidemiológica e fortalece a capacidade financeira das AHBV.

Justiça

Juiz Ivo Rosa levanta arresto da propriedade da ex mulher de Sócrates, em Montemor o Novo.

Em causa o Monte das Margaridas propriedade de Sofia Fava.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Arresto levantado ao Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo.

” Operação Marquês “

No despacho instrutório, proferido na sexta-feira, o juiz Ivo Rosa ordenou o levantamento imediato do arresto de vários bens imóveis dos arguidos, designadamente o Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo, adquirido pela ex-mulher de Sócrates Sofia Fava.

“Tendo em conta a decisão de não pronúncia relativamente aos crimes ora em causa, quanto aos saldos bancários apreendidos e bens imóveis arrestados, verifica-se que não existem indícios que as quantias e bens imóveis em causa são produto dos crimes de corrupção passiva de titular de cargo político imputados ao arguido José Sócrates”, lê-se no despacho.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!