Siga-nos

Agenda

Bolota faz bem à saúde. Em Montemor há uma semana dedicada a ela !

Em Montemor-o-Novo, entre 9 e 17 de março há uma programação alargada à volta deste fruto na IV Semana da Bolota.

Carla Correia

Publicado

em

A Bolota é muitas vezes um fruto associado à alimentação de animais. A verdade é que também nós ficamos a ganhar na hora de a consumir. Tem um alto poder antioxidante, uma gordura semelhante ao azeite e não tem glúten.

No programa consta uma ação de sensibilização sobre doenças e pragas no montado na Câmara Municipal de Montemor dia 12 de março, um showcooking “A bolota à sua mesa” pela chef Susana Cigarro, no Mercado Municipal, dia 16 às 10:00 horas e um passeio de BTT pelo Montado com o Grupo de Cicloturismo de Montemor-o-novo (inscrições AQUI)

Se preferir a parte gastronómica os restaurantes aderentes são “A Adega”, “A Pintada”, “A Ribeira”, “Burgojanota”, “Cabana de Bois”, “Manuel Azinheirinha”, “Maça”, “O Arado”, “O Chouriço”, “O Cortiço”, “O Bacalhau”, “O Escondidinho”, “O Leilão”, “Pátio dos Petiscos”, “Petiscaki”, “Pôr-do-sol”, “Quinta da Nora”, “Raiz e Tradição”, “S. Cristóvão”, “Santos” e “Wine&Bar”.

Quanto às pastelarias aderem ao evento a “Almodôvar&Irmão”, “Capri”, “Estudantil” e a “4 Bicas”.

Agenda

Festival Sete Sóis Sete Luas chega a Castro Verde

O Festival Sete Sóis Sete Luas 2019 é promovido, nesta sua XXVII edição, por uma Rede Cultural de 30 cidades de 10 Países do Mediterrâneo e do mundo lusófono: Brasil, Cabo Verde, Croácia, Eslovénia, Espanha, França, Itália, Marrocos, Portugal, Tunísia.

TDS noticias

Publicado

em

Castro Verde recebe nos dias 6, 7 e 8 de setembro de 2019, o XXVII Festival Sete Sóis Sete Luas, rede cultural que o concelho integra desde 2000.

Com uma programação rica e variada, onde as diferentes formas de expressão cultural do Mediterrâneo e do mundo lusófono encontram lugar, a aposta passa por proporcionar momentos de partilha, aprendizagem e descoberta, através da realização de diferentes espetáculos e apresentações de rua, que irão acontecer no Anfiteatro Municipal e junto à Igreja dos Remédios.

Durante estes dias o Festival apresenta em Castro Verde o virtuoso mandolinista italiano, Mimmo Epifani que, em conjunto com “The Barbers”, interpreta um repertório original, ligado a instrumentos de corda, como bandolim, mandola, mandoloncello e aos instrumentos étnicos utilizados nos salões de barbeiros de Salento, no sul de Itália. Também a Orkestra Popular Des 7Luas (Mediterrâneo), produção original do festival que reúne músicos do Brasil, Itália, Espanha, Portugal, e Guiné-Bissau, se apresenta em concerto nesta edição do festival, num concerto onde visita a música popular destes países do Mediterrâneo e do Mundo Lusófono.

Dino D’Santiago (Cabo-Verde / Portugal), nome incontornável da cena atual da música portuguesa, é outro dos músicos que se apresenta em Castro Verde, num espetáculo onde não faltarão os sons da tradição cabo-verdiana, em sintonia com o peso contemporâneo da música eletrónica.

As sonoridades tradicionais do Alentejo também marcam presença nesta edição do festival, através das melodias do grupo de música popular Cantares do Sul (Portugal).

A animação de rua fica a cargo de Yldor Llach (Espanha), artista catalão circense, que aqui apresenta o seu espetáculo de bicicleta acrobática “Sobre Rodas”, e dos Irmãos Esferovite (Portugal), que trazem uma aventura musical e circense.

Nas artes plásticas, destaque para a abertura da exposição “Meus aCORdes” e realização simultânea de um laboratório de pintura mural, pela mão de Tutu Sousa (Cabo-Verde), um autodidata no domínio da pintura e escultura. No seu percurso artístico fazem parte exposições individuais e coletivas em Cabo Verde, vários países europeus e nos EUA, tendo efetuado dezenas de pinturas murais e decorativas.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Agosto 2019
S T Q Q S S D
« Jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul