Siga-nos

Acidentes

Beja, Évora e Portalegre com mais mortes na estrada. Comparação chega a triplicar.

Mais acidentes, mais mortes e mais feridos graves nalguns distritos. Números são preocupantes e deveriam preocupar autoridades. Ações de prevenção não funcionam e repressão com recurso a radares não evita acidentes.

Amilcar Matos

Publicado

em

Os dados são oficiais e preocupantes. Nos distritos de Beja, Évora e Portalegre os acidentes estão a fazer cada vez mais mortes e em Évora o número de feridos graves também aumentou consideravelmente.

No relatório provisório da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária nos dados de 01 de Julho 2017 e 30 de Junho de 2018 em comparação com igual período entre Julho de 2018 e Junho de 2019 regista-se um aumento ‘assustador’ do número de mortes na estrada a crescer em todos os distritos do Alentejo.

Beja passa de 23 mortes para 27; Évora de 13 para 15 e Portalegre de 8 para 14 mortes na estrada (valores comparativos e relativos a um ano ).

No último semestre o crescimento também é evidente:

Beja

Apesar de no primeiro semestre de 2019 ter havido menos acidentes com igual período de 2018 ( 1015 – 995 ) o número de mortes cresceu de 11 para 15 vítimas. Desde 2016 que não se morre tanto nas estradas do distrito de beja. No baixo alentejo as vítimas mais do que duplicam em relação a Évora e Portalegre (Em relação a feridos graves também se registou um aumento no último semestre em relação a igual período de 2018 ( 26 para 33 ).

Évora

Desde 2016 (primeiro semestre) nunca se tinha registado um número tão elevado de acidentes. Este ano registaram-se nos primeiros 6 meses 870 acidentes no distrito de Évora. Desde 2016 que não se registavam tantas mortes tendo havido um crescimento em relação a 2018 ( 4 para 6 ). A diferença mais acentuada está no número de feridos graves ( alguns acabam em mortes ) com o número a ser mais do que o dobro do que 2018( 1º semestre ). Os números são preocupantes e devem impressionar os responsáveis ( 20 em 2018 e 41 em 2019 ).

Portalegre

No norte aletejo o número de acidentes também disparou e é o mais elevado nos últimos 4 anos. O número de mortes também aumentou e para mais do triplo ( de 2 mortos em 2018 para 7 em 2019 ). Os feridos graves diminuíram e é o número mais baixo do primeiro semestre dos últimos 4 anos ( registaram-se 25 feridos graves ).

Setúbal

Aqui o número de acidentes também subiu ( de 5.057 em 2018 para 5.229 em 2019 ) mas o número de mortes diminuiu consideravelmente ( de 33 em 2018 para 14 em 2019 ). O número de feridos graves no distrito aumentou ( de 61 em 2018 para 74 em 2019 ).

Dados comparativos de 2018 e 2019 ( 1º semestre do ano )

Acidentes Acidentes Mortes Mortes F. Graves F. Graves
Ano 2018 2019 2018 2019 2018 2019
Beja 1015 995 11 15 26 33
Évora 757 870 4 6 20 41
Portalegre 543 546 2 7 40 25
Setúbal 5057 5229 33 14 61 74

Todos os valores apresentados dizem respeito unicamente ao primeiro semestre dos vários anos referidos.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Acidentes

Despiste de camião com palha em Montemor o Novo

Incidente apenas condicionou o trânsito.

TDS noticias

Publicado

em

Trânsito esteve condicionado mas despiste não registou feridos

Um camião carregado com palha despistou-se entrando na ‘valeta’ e provocando a quase queda da carga. O condutor não sofreu ferimentos.

O veículo pesado de mercadorias não tombou mas ao entrar na ‘valeta’ provocou o desmembramento da carga.

O incidente aconteceu no sentido Foros de Vale Figueira-Montemor o Novo, na EN114, a cerca de 1Km da rotunda de Montemor o Novo.

No local esteve a GNR a comandar o trânsito.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Outubro 2019
S T Q Q S S D
« Set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul