Últimas:
Barrancos, o concelho do país com risco mais elevado. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

Barrancos, o concelho do país com risco mais elevado.

Covid 19

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Barrancos

“Risco extremamente elevado”

Barrancos é agora o único concelho do país em risco extremamente elevado de Covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O concelho alentejano regista uma incidência cumulativa a duas semanas de 1.171 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes.

Portugal tem sete concelhos com risco muito elevado, ou seja, entre 480 e 959,9 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

Concelhos com risco muito elevado:

Albufeira (489), Alcoutim (674), Celorico da Beira (519), Penela (594), Póvoa de Lanhoso (489), São Brás de Alportel (501) e Vidigueira (566).

Concelhos em risco elevado:

Aljustrel, Amares, Beja, Boticas, Cabeceiras de Basto, Covilhã, Fafe, Lagoa (Algarve), Lagos, Loulé, Monchique, Montalegre, Portel, Portimão, Rio Maior, Serpa, Silves, Valpaços e Vila Nova de Foz Côa.

Continuar a ler
Publicidade

Saúde

Covid 19: Alentejo com 37 novos casos e duas mortes.

7 mortes e 766 novos casos no país.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Boletim DGS

” 37 novos casos “

Portugal tem mais sete mortes e 766 casos de infeção por SARS-CoV-2

Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais sete mortes devido à Covid-19 e 766 casos de SARS-COV-2 , de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde que acabou de ser divulgado.

As regiões de Lisboa e Vale do Tejo (230) e a região Norte (226) concentram 59,5% das novas infeções de SARS-CoV-2 no país.

Segue-se a região Centro, com 171 casos, o Algarve com 62, o Alentejo com 37, os Açores com 28 e a Madeira com 12.

O boletim da DGS revela que das sete mortes das últimas 24 horas devido à Covid-19, seis (cinco mulheres e um homem) foram de pessoas com mais de 80 anos. O outro óbito registado foi de um homem entre os 70 e os 79 anos.

Em termos geográficos, três das mortes registaram-se na região Centro, duas em Lisboa e Vale do Tejo e outras duas no Alentejo.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!