Últimas:
Auxiliares de Saúde em protesto no Hospital de Évora. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

Auxiliares de Saúde em protesto no Hospital de Évora.

Enfermeiros queixam-se igualmente de discriminação.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Combatem na linha da frente a Covid-19

” Pelo menos 44 profissionais em protesto “

Depois dos enfermeiros agora os auxiliares de saúde.

É a indignação pelo não pagamento de prémios aos profissionais de saúde que estiveram na linha da frente contra a covid-19.

No banco de urgência os prémios foram pagos apenas aos médicos, e um número muito reduzido de enfermeiros e auxiliares.

O protesto provocou o caos na noite de Natal com os auxiliares e os enfermeiros da urgência a não realizarem os testes da Covid aos doentes à espera de internamento.

Apenas aos doentes urgentes foi feito o teste.

Doentes para internamento tiveram que aguardar pelo fim do protesto com o registo de largas horas de espera.

Em declarações aos jornalistas a presidente do concelho administrativo do Hospital de Évora referiu “que o prémio em causa tem regras de atribuição, …  quem trabalhou em área dedicada a Covid-19, na primeira vaga da pandemia por trinta dias consecutivos”, frisou.

 

Continuar a ler
Publicidade

Saúde

Covid-19: Alandroal o concelho do país com ‘piores’ números.

Surto nas obras da ferrovia complicam as contas.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Maior incidência do vírus a 14 dias

” Obras na ferrovia na origem de surto em Alandroal “

Alandroal, é o concelho do país que suscita maior preocupação.

Regista uma maior incidência do vírus a 14 dias.

No período de 24 de março a 6 de abril, o município apresenta uma incidência de 581 casos por 100 mil habitantes, de acordo com os dados do último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) .

É um dos dois concelhos em risco muito elevado, registando um aumento significativo de novos casos de infeção pelo novo coronavírus.

Na atualização anterior, a 5 de abril, Alandroal apresentava uma incidência de 200 casos por 100 mil habitantes a 14 dias.

Em risco elevado, com uma incidência entre 240 e 479,9 casos por 100 mil habitantes, estão os concelhos de Barrancos, Odemira e Moura, na região Alentejo.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!