Últimas:
Atenção ao Dia das Mentiras – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos

Sociedade

Atenção ao Dia das Mentiras

Setor do consumo está cheio de mentiras disfarçadas de verdade.

Publicado

em

A propósito do Dia das Mentiras, o Portal da Queixa alerta

“cinco mentiras”

Elevar o nível de literacia digital na sociedade de consumo é a maior recomendação do Portal da Queixa contra os enganos, não só hoje, mas todos os dias.

Assim, no Dia das Mentiras, e para evitar que mais pessoas sejam enganadas, iludidas, ludibriadas e burladas, a maior rede social de consumidores de Portugal, chama a atenção para alguns dos casos mais impactantes que identificou na sua plataforma.

São situações recorrentes, que resultaram em centenas de reclamações diárias no Portal da Queixa.

Todas têm espaço e visibilidade, todas são reportadas à marca ou identidade, que deve prontamente resolver a situação exposta. E acontecem, sobretudo, no campo do e-Commerce – por ser um ambiente tão fácil e acessível a todos os consumidores -, mas também, tão vulnerável e aliciante para quem faz um uso fraudulento do mesmo.

Burlas na internet, ataques de phishing, fraudes em compras online, atrasos ou ausência de encomendas, são milhares os casos que chegam ao Portal da Queixa através da reclamação da pessoa que se diz engada.

Para evitar ao máximo que mais consumidores sejam lesados, soam os alarmes para estas cinco situações:

1. Segurança das lojas online do Facebook e Instagram. São centenas e centenas de reclamações sobre burlas e enganos em compras efetuadas em lojas online no Instagram e no Facebook. O esquema é sempre o mesmo: existe uma compra, a encomenda nunca chega e a loja é apagada. O consumidor não consegue entrar em contacto com a mesma e fica sem o dinheiro e sem o produto.

2. Sites de compras fraudulentos. Em causa estiveram duas grandes marcas, mas pode acontecer a qualquer uma. Primeiro foi a Stradivarius a ser alvo de duplicação fraudulenta do website que levou muitos consumidores a serem burlados. Uns meses depois, o Portal da Queixa identificou a mesma ação, desta vez com a Tiffosi. Mais recentemente, outras marcas do grupo Inditex foram alvo de clonagem do website por domínios russos, lesando centenas de consumidores portugueses.

3. Phishing em cartões de crédito. Um tema muito falado foi a burla dos cartões de crédito da WiZink, que foi uma das grandes lesadas da situação. As burlas com cartões de crédito originaram mais de 900 reclamações no Portal da Queixa só em 2021, representando um aumento de 130% face ao ano anterior. No caso concreto da WiZink, foi até criado um grupo de consumidores online, intitulado “Lesados WiZink”, que se uniu via Portal da Queixa.

4. Burlas em revenda de bilhetes. As queixas apresentadas levam a um esquema de burla praticado que é preciso saber identificar. Trata-se de venda especulativa de bilhetes: a tática passa por colocar à venda bilhetes que ainda não têm e esperar que algum consumidor os compre para só depois obterem apenas alguns ingressos junto dos organizadores. Há muitos bilhetes comprados que são falsificados e não são válidos. A venda dos mesmos, claro, é sempre feita com preços inflacionados, aos quais acrescem taxas que os consumidores nem percebem que estão a pagar.

5. Falhas nas empresas de gestão de condomínios. Da falta de regulação à falta de controlo e conhecimentos de gestão ou mesmo de profissionalismo, são várias as reclamações que chegam ao Portal da Queixa relativamente a empresas de gestão de condomínios.

Para combater qualquer engano, o Portal da Queixa realça o poder que pode ter uma reclamação: “É a literacia digital, uma vez mais, a combater mentiras bem disfarçadas de verdade, que podem ser denunciadas graças a uma reclamação.”

Continuar a ler
Publicidade

Sociedade

Buscas em poço para tentar encontrar idoso. Bombeiros e GNR no terreno.

Efectivos aumentam na operação de Gavião. TDS acompanha em direto.

Publicado

em

TDS no local a acompanhar as buscas

“Homem de 84 anos desaparecido”

GNR e Bombeiros de Gavião estão no terreno em busca de um homem de 84 anos.

As buscas começaram ontem pelas 22h45 e estão a decorrer mas hoje com um número inferior de efectivos.

A informação dada as autoridades é de que o homem sofre de doença psíquica.

Nesta altura estão envolvidos 15 operacionais com 5 viaturas nas buscas.

(em desenvolvimento)

Continuar a ler

Autarquias

Presidência nas freguesias em Santiago do Cacém.

Freguesia de Vale de Água.

Publicado

em

Presidência nas Freguesias

Santiago do Cacém

A iniciativa Presidência nas Freguesias esteve na União de Freguesias de São Domingos e Vale de Água, de 11 a 13 de maio, com a presença do Presidente e dos Vereadores com pelouros da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, e da Presidente da União das Freguesias, Ana Gonçalves, acompanhados pelos técnicos das respetivas áreas, com o objetivo de contactarem e de se inteirarem das preocupações da população.

O Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, sublinhou que “é sempre importante estarmos no terreno, para fazer o levantamento das situações e encontrarmos soluções para cada uma das localidades.” O Autarca lamentou que o processo levado a cabo pelo Governo, há alguns anos, tenha conduzido à extinção das duas Juntas de Freguesia, “um erro na nossa opinião e que a população continua a não compreender.”

Da visita, Álvaro Beijinha destaca na educação “os investimentos que a Câmara Municipal tem realizado de forma a manter e a salvaguardar as escolas rurais, quando, infelizmente, os sucessivos Governos têm uma política que vai no sentido de as encerrar.

Consideramos que é extremamente importante para as localidades manter estes equipamentos, e dou um dado em concreto, o Pré-escolar em Vale de Água esteve para encerrar, porque realmente tinha dois alunos, mas nós solicitámos a sua suspensão e, atualmente, é com muita satisfação que vemos 14 alunos nesta escola.” Para Álvaro Beijinha este crescimento está também ligado a dinâmicas de carácter empresarial na área da agricultura e do turismo, “assim como de algumas famílias que procuram esta União das Freguesias para criar os seus filhos com outra qualidade de vida.”

Depois de dois anos de pandemia foi possível visitar a Casa do Povo de São Domingos e o Centro de Dia de Vale de Água, e “sentimos as dificuldades por parte da Casa do Povo, que gere os equipamentos, porque ambas as instituições têm vindo a perder utentes, o que dificulta a gestão. Por isso, esta é uma matéria que merece, por parte da sociedade e do Poder Político, uma reflexão sobre o futuro destes equipamentos.” Os autarcas ficaram também a par do projeto da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano para a remodelação da extensão de saúde de São Domingos.

Na área do Turismo, a comitiva ficou a conhecer os empreendimentos de turismo no espaço rural, o Estrela do Cerro e o Monte do Salgueirinho, e realizou a, já habitual, visita ao Museu da Farinha e ao turismo rural Casa da Moagem, “onde os empresários sentem já a retoma.”

O programa incluiu a visita à barragem de Fonte Serne, onde houve oportunidade de ver “finalmente a ligação a Alqueva, algo que a Câmara Municipal, em conjunto com a Associação de Regantes e Beneficiários de Campilhas e Alto Sado, há anos haviam colocado à EDIA e às Águas de Santo André. Agora defendemos a ligação a Campilhas, que atualmente tem uma quota de 4% a mais baixa do país, porque a sobrevivência da agricultura de regadio na nossa região depende muito desta ligação, assim como os projetos turísticos que pretendem desenvolver-se nas margens desta barragem,” referiu o Presidente da Câmara Municipal. Da iniciativa fez também parte a visita à exploração agrícola e de secagem de arroz de Joaquim Sobral, ao Monte dos Alhos, ao Monte da Vinha e à Herdade do Cebolal. O Centro de Colheita de Sémen de Suíno de Vale de Água (AIM CIALA) também recebeu a visita da comitiva.

Álvaro Beijinha expressou que para combater o “flagelo da desertificação destas freguesias rurais realizámos muito investimento público, quer seja nos equipamentos desportivos, educativos, no espaço público, quer no apoio ao associativismo, e vamos continuar a fazê-lo.”

No âmbito da política de descentralização, levada a cabo pela Autarquia, o programa incluiu reunião com o movimento associativo, que decorreu no edifício da Sede da Junta de Freguesia, em São Domingos, e a reunião de Câmara, que se realizou nas instalações da Delegação da Junta de Freguesia, em Vale de Água.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!