Siga-nos

Crime

ASAE suspende a atividade de 13 restaurantes

Estabelecimentos são todos na região de Lisboa

Avatar

Publicado

em

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), através da Unidade Regional do Sul, procedeu durante o passado mês de março a ações de fiscalização direcionadas para a verificação do cumprimento das regras de exercício no setor da restauração e bebidas implementadas na zona de Lisboa.

A restauração apelidada como restauração “underground” tem emergido de forma ilegal, passando de palavra em palavra, via redes sociais.

Atento o grau de clandestinidade e de forma a sustentar a sã e leal concorrência entre os operadores económicos, bem como verificar as regras de exercício no que respeita à segurança alimentar, foram fiscalizados 17 estabelecimentos deste tipo.

Como resultado da verificação de falta de condições de higiene e às condições estruturais encontradas, procedeu-se à suspensão imediata da atividade de 13 destes estabelecimentos e à instauração de 15 processos de contraordenação por diversas infrações tais como o incumprimento dos requisitos de higiene, a inexistência dos avisos obrigatórios inerentes ao setor, a falta de livro de reclamações, a falta de comunicações obrigatórias e a falta de número de operador/recetor, tendo sido apreendidos 285 kg géneros alimentícios vários, no valor de 1014€, por falta de requisitos.

Crime

Detido por violência doméstica no Gavião

Os militares apuraram que o homem é suspeito de agredir a sua esposa, uma mulher de 48 anos, tendo sido dado cumprimento a um mandado de detenção.

TDS noticias

Publicado

em

O Comando Territorial de Portalegre, através do Núcleo Investigação e Apoio a Vítimas Especificas (NIAVE), no dia 17 de junho, deteve um homem de 60 anos, pelo crime de violência doméstica, no concelho de Gavião.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares apuraram que o homem é suspeito de agredir a sua esposa, uma mulher de 48 anos, tendo sido dado cumprimento a um mandado de detenção.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Ponte de Sor, ontem, dia 18 de junho, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de não permanência na residência da ofendida ou noutra em que esta venha a residir; proibição de contactar a vítima por qualquer meio; não frequentar os locais por esta frequentados; não adquirir e não usar armas; e sujeitar-se a frequência de programa para arguido em crimes no contexto da violência domestica, com tratamento da dependência alcoólica.

 

Continuar a ler

Top

TDS Peça Orçamento