Últimas:
ASAE investiga falsificação de documentos para obtenção de subsídios florestais. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Crime

ASAE investiga falsificação de documentos para obtenção de subsídios florestais.

Em Grândola, Santiago do Cacem e Lisboa.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

ASAE investiga falsificação de documentos para obtenção de subsídios florestais

“Em Grândola, Santiago do Cacem e Lisboa”

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), através da sua Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal (UNIIC), executou 7 (sete) mandados de busca domiciliários e não domiciliários, nos concelhos de Santiago do Cacém, Grândola e Lisboa, no âmbito de uma investigação do crime de falsificação de documentos em procedimento de candidatura para atribuição de subsídio.

A investigação teve origem numa denúncia comunicada por uma entidade certificadora, por suspeita de falsificação dos seus certificados de conformidade de gestão florestal, produzidos e submetidos em 2 processos de candidatura no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural 2014 – 2020 (PDR2020), que visa o crescimento sustentável do setor agroflorestal em todo o território nacional, através da concessão de apoios às atividades deste setor assente numa gestão eficiente de recursos.

Os documentos falsificados terão sido reproduzidos e alterados através de manipulação informática, por uma empresa de gestão florestal que assumiu a condução e submissão das candidaturas, em nome de duas explorações agrícolas, procurando, assim, obter um posicionamento mais favorável na classificação final das candidaturas aos incentivos financeiros.

Nesta investigação, a ASAE executou mandados de busca à residência e escritório da pessoa responsável pela submissão das candidaturas, à residência dos beneficiários e às herdades agrícolas visadas, tendo sido apreendida documentação diversa em suporte físico e digital e constituídas arguidas 2 (duas) empresas e 3 (três) indivíduos, que foram sujeitos a Termo de Identidade e Residência.

Crime

GNR de Évora detém dois homens por tráfico de drogas

Detidos puseram-se em fuga mas rapidamente foram intercetados

Ana Catarina Ventura

Publicado

em

Imagem: GNR

Polícia militar encontrou droga, armas e dinheiro no carro

“460 doses de canábis e 260 doses de haxixe foram encontradas”

O Comando Territorial de Évora deteve, no dia 20 de setembro, dois homens de 22 de 27 anos, por tráfico de drogas no concelho de Évora.

Enquanto a GNR realizava uma ação de fiscalização rodoviária, “os militares abordaram um veículo que tinha sido controlado em excesso de velocidade, sendo que nesse momento os suspeitos colocaram-se em fuga, acabando por ser intercetados de imediato.”

Segundo o comunicado, depois de uma inspeção, encontrou-se dentro do veículo cerca de 460 doses de canábis, mais 260 doses de haxixe, uma arma de fogo, duas armas brancas, dois telemóveis ou 881 euros em numerário.

Os detidos foram presentes ao Tribunal Judicial de Évora, onde lhes foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!