Últimas:
ASAE instaura processo por abate e assamento de leitões de forma ilegal, em Évora. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Policias

ASAE instaura processo por abate e assamento de leitões de forma ilegal, em Évora.

Foram apreendidos 13 leitões com o peso total de 97,5Kgs

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

ASAE instaura processo crime de abate clandestino e apreende 160 Kg de carne em 3 operações

“Uma das operações decorreu em Évora”

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) realizou, durante as últimas semanas, diversas ações de fiscalização, no âmbito do combate ao abate clandestino, atendendo aos riscos associados ao consumo de carne proveniente de estabelecimentos não licenciados para o efeito.

Uma das ações realizou-se no distrito de Évora, dirigida à fiscalização de um local onde se procedia, de forma ilícita, camuflada e sem condições técnico-funcionais, ao abate e assamento de leitões e sua posterior comercialização.

Constatou-se que o espaço servia para abate massivo de leitões em local não licenciado para o efeito e sem condições de higiene adequadas.

Da ação resultou a instauração de um processo-crime pela prática do crime contra a saúde pública de abate clandestino, a detenção de um suspeito, a apreensão de 13 leitões, com o peso total de 97,5 Kgs, e de diversas embalagens utilizadas para colocação dos leitões assados.

Este processo tem indiciada a prática de dissimulação da verdadeira origem do produto, suscetível de induzir em erro o consumidor.

Continuar a ler
Publicidade

Policias

PSP de Beja tem esquadra sem condições, falta de meios e de verba para viaturas.

Denúncia é feita pela ASPP/PSP que reune hoje em Beja.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Tomada de posse de delegados da ASPP/PSP

“ASPP fala em falta de condições na esquadra de Beja “

A Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP) reune esta quarta-feira, 16 de junho, pelas 10.30, no Comando Distrital da PSP de Beja.

Na reunião que serve para a tomada de posse formal dos delegados eleitos, a ter lugar na sede distrital da ASPP/PSP, estará presente o presidente da ASPP/PSP, Paulo Santos.

A Associação Sindical irá ainda discutir formas de luta, caso as negociações em curso não decorram de acordo com as expectativas dos polícias, assentes na proposta já apresentada para os suplementos remuneratórios e subsídio de risco.

A nível local, Beja, a ASPP irá debater as suas principais preocupações, segundo refere em comunicado.

“O problema das infraestruturas já envelhecidas e sem condições próprias para o exercício das funções policiais, nomeadamente na Esquadra sede (Divisão Policial), necessitando de obras de remodelação urgentes; o parque informático já ‘desatualizado’, bem como a escassez de emissores recetores para comunicações policiais; Falta de verba para reparação dos veículos motorizados”.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!