Últimas:
Arronches foi o concelho alentejano com menos nascimentos – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Sociedade

Arronches foi o concelho alentejano com menos nascimentos

Apenas dois bebés desde o início do ano.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Arronches com menos nascimentos

“Alentejo fica fora dos 10 concelhos com mais nascimentos”

Só Manteigas e Corvo registaram, este ano até Julho, menos nascimentos do que Arronches. O concelho alentejano regista o nascimento de duas crianças enquanto os concelhos citados registaram um nascimento apenas.

Quanto aos concelhos com mais nascimentos Lisboa lidera com 5832 seguido do Porto com 2119.

Entre os 10 concelhos com mais nascimentos em Portugal não está nenhum do Alentejo. Na região só Évora e Beja registaram mais de 100 nascimentos até julho.

A nível nacional

Depois de um aumento em 2018, o número de nascimentos em Portugal voltou a encolher no ano passado.

Em 2019, nasceram 87 mil crianças em território nacional, sendo que destas 86.557 são filhos de mães residentes.

Assim, e mesmo com o número de óbitos a diminuir ligeiramente, o saldo natural foi negativo pelo 11.º ano consecutivo.

Em 2019 registaram-se em território nacional 87.000 nados-vivos e 112.253 óbitos. O número de nados-vivos de mães residentes em Portugal foi 86.557, menos 0,5% em relação a 2018.

Os números foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística.

Justiça

Juiz Ivo Rosa levanta arresto da propriedade da ex mulher de Sócrates, em Montemor o Novo.

Em causa o Monte das Margaridas propriedade de Sofia Fava.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Arresto levantado ao Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo.

” Operação Marquês “

No despacho instrutório, proferido na sexta-feira, o juiz Ivo Rosa ordenou o levantamento imediato do arresto de vários bens imóveis dos arguidos, designadamente o Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo, adquirido pela ex-mulher de Sócrates Sofia Fava.

“Tendo em conta a decisão de não pronúncia relativamente aos crimes ora em causa, quanto aos saldos bancários apreendidos e bens imóveis arrestados, verifica-se que não existem indícios que as quantias e bens imóveis em causa são produto dos crimes de corrupção passiva de titular de cargo político imputados ao arguido José Sócrates”, lê-se no despacho.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!