Siga-nos

Artes

ARQUIVO FOTOGRÁFICO DE ÉVORA numa das maiores plataformas de imagem

A conta foi criada em resultado da necessidade de se encontrar uma plataforma que permitisse a divulgação das coleções do Arquivo Fotográfico, mas também a interação dos utilizadores com os conteúdos disponibilizados.

Amilcar Matos

Publicado

em

O Arquivo Fotográfico da CME já tem conta no Flickr.com (site da web de armazenagem e partilha de imagens como fotografias, desenhos e ilustrações).

‘Plataforma digital já conta com centenas de fotografias da cidade’

Esta plataforma permite que os utilizadores contribuam, através da indexação social, para a organização das coleções online, já que lhes possibilita adiccionar “tags” de acordo com o seu entendimento da imagem, e ainda comentários. Permite ainda a criação de exposições e álbuns virtuais sem nunca se perder o vínculo à instituição que disponibiliza as imagens.

Numa primeira fase, optou-se por selecionar, digitalizar e disponibilizar virtualmente parte da Coleção David Freitas, num total de 154 imagens. As categorias temáticas elencadas com base na coleção existente foram: comércio e indústria (lojas, mercados, fábricas), equipamentos e serviços (escolas, bancos, instituições públicas e particulares), evolução urbana (aspectos da cidade, obras de reabilitação, edifícios demolidos, construção) e sociabilidade. A cada imagem foi atribuída uma legenda com o título, cota, série a que pertence, data e autor, de acordo com o modelo de descrição utilizado no Arquivo Fotográfico da CME.

Para além de dar a conhecer ao público e potenciais utilizadores o espólio do Arquivo Fotográfico da CME, a plataforma servirá como suporte à componente prática de uma Dissertação de Mestrado em Ciência da Informação (pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra) cujo tema será “A contribuição das folksonomias na indexação do Fundo David Freitas do Arquivo Fotográfico da Câmara Municipal de Évora”.

Prende-se com a organização do conhecimento em arquivos fotográficos (em concreto, indexação e indexação social de imagens) e recuperação da informação, sendo especialmente importante para compreender até que ponto os termos indexadores propostos pelos arquivistas vão ao encontro das necessidades dos utilizadores. Este estudo será da maior utilidade para o desenvolvimento futuro do trabalho no Arquivo Fotográfico da CME, já que permitirá introduzir melhorias nas bases de dados e assim prestar um serviço mais rápido e de maior qualidade aos utilizadores.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Artes

Simpósio de escultura de pedra em grândola de 16 a 30 deste mês

No decurso do simpósio o público terá oportunidade de acompanhar o processo de criação das esculturas e os escultores promoverão acções de informação e sensibilização sobre escultura, dirigidas aos alunos dos estabelecimentos de ensino e ao público em geral.

TDS noticias

Publicado

em

A arte, o objecto artístico, a escultura materializa no plano simbólico ideias, valores, memórias, e identidades sociais e culturais.

A intervenção artística no espaço público, a escultura e a sua relação com as particularidades do local que a acolhe constituem um referencial da paisagem urbana, indissociável das dimensões social, cultural, identitária e da sua vivência e apropriação significante pela população.

Participam os artistas Jorge Pé-Curto, Paulo Neves e Vitor Ribeiro.

Na sequência da organização, em Maio de 2018, de uma Exposição Colectiva de Escultura em Grândola, a Câmara Municipal decidiu organizar, um Simpósio de Escultura em Pedra, que irá decorrer entre os dias 16 e 30 de Setembro, com a participação de três reconhecidos escultores portugueses que, em espaço aberto ao público, irão criar três esculturas de pedra a instalar em Grândola, no Carvalhal e em Melides que contribuirão para valorizar os espaços públicos do ponto de vista artístico, estético, identitário e patrimonial.

A realização do simpósio em espaço aberto – exterior do Complexo Desportivo Municipal José Afonso – e as actividades complementares, contribuirão para despertar o interesse da comunidade pela arte, motivar os mais jovens para a criatividade artística e constituem, sem dúvida, um importante projecto cultural, inédito na política cultural do Município de Grândola, demonstrativo da importância do investimento na cultura e nas artes como factor de desenvolvimento com impacto social, cultural, patrimonial e turístico.

 

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Setembro 2019
S T Q Q S S D
« Ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul - Web Development by IDEIAS FRESCAS https://ideiasfrescas.com